Home > Carreira

Abaixo a falta de comunicação!

Olhe nos olhos, adeque a sua linguagem, seja claro: a diretora de teatro Ariela Goldmann oferece dicas para aprimorar uma das habilidades mais exigidas ao CIO hoje, a de comunicar-se bem

Ariela Goldmann

09/09/2005 às 17h40

Foto:

Em muitas empresas, problemas de comunicação ainda são vistos como uns dos principais problemas para a falta de entendimento entre as equipes de TI e as equipes de negócios, capazes até mesmo de minar projetos promissores. A diretora de teatro Ariela Goldmann, vencedora do APCA 2002 (prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte) pela peça "Novas Diretrizes em Tempos de Paz" e especializada em workshops de comunicação e relacionamento para executivos das mais diversas áreas, dá algumas dicas de como não deixar mais que as diferenças entre a linguagem corporativa e a linguagem técnica atrapalhem o negócio.

Fundamentos para uma melhor comunicação entre profissionais de diferentes setores de uma mesma empresa:
 
1. Olhe sempre nos olhos dos seus interlocutores

Não há maneira melhor de se comunicar com alguém do que olhar nos olhos dela. Mostra que você está focado e ajuda o interlocutor a ficar focado também. Olhar para os lados pode fazer com que a pessoa com quem você está falando se sinta um tanto desqualificada, além de tornar mais fácil para ela se desligar do assunto abordado e pensar em outras coisas. Mostre que você está atento.

2. Tenha claro o objetivo da sua apresentação ou conversa

Objetivo não é falar disso ou daquilo, mas sim o que eu quero do meu interlocutor. Por exemplo: quero questionar este procedimento, expôr uma nova ferramenta de trabalho. Ter isso em mente é fundamental para a organização dos tópicos de sua apresentação.

3. Conheça a linguagem e os valores do seu interlocutor

Incorpore estes valores à sua apresentação e aproxime os ouvintes de sua idéia, sem perder seus próprios valores. A tendência é valorizarmos apenas nossa linguagem, sem levarmos em consideração a forma como a outra pessoa enxerga o negócio ou aquele determinado assunto. Não é difícil um orador pensar que os conhecimentos dos seus interlocutores são menos importantes, ou não lembrar que eles não são obrigados a ter o mesmo conhecimento ou pensar do mesmo jeito. Por isso é importante se inteirar sobre os negócios da empresa e saber como as outras áreas trabalham. Mostrar para o pessoal de marketing o que aquele novo projeto de TI vai trazer de vendável ou agregar à imagem da empresa é melhor do que apenas falar sobre os aspectos técnicos desse projeto.

4. Depois de organizar os tópicos da apresentação, treine em voz alta

Ensaie. Só assim você vai perceber onde está sendo prolixo, onde a seqüência de idéias está falha.
 
5. É importante não supervalorizar sua linguagem, mas torná-la simples, de fácil entendimento

Senão sua comunicação nunca será eficaz. Explique as coisas como se estivesse falando com o seu filho. Não se trata de rebaixar a linguagem, mas de simplificá-la. Dourar a pílula não quer dizer eficiência. Quanto mais simples, mais eficiente.

6. Nenhuma idéia é boa se não for transmitida com clareza

Antes de falar, primeiro entenda seus objetivos. É impressionante o número de pessoas que não sabem exatamente o que querem quando marcam uma apresentação, uma reunião. Muitas vezes, um executivo fica tão orgulhoso de seu novo projeto que ele se preocupa mais em se mostrar, que os outros possam ver o quanto ele sabe sobre aquilo, do que em mostrar o que é o projeto. Se a preocupação for exibir a si mesmo, serão grandes as chances dos interlocutores não absorverem nada ou quase nada do que está sendo falado.

7. Respire. A ansiedade faz com que não respiremos

E quanto menos uma pessoa respira, menos ela ouve. E saber ouvir é tão ou mais importante quanto saber falar.

8. Leia livros de ficção, assista filmes, vá ao teatro

Entre em contato com outras formas de se comunicação. Além de ter novas idéias, você vai começar a entender o que é clareza de narrativa, ritmo, pausa e outros elementos fundamentais para uma boa comunicação tanto em apresentações e reuniões quanto no face-a-face.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail