Home > Gestão

Converta descrentes de TI em entusiastas – Parte 4

Parte 4

STEPHANIE OVERBY e RACHEL RUBIN*

24/08/2005 às 18h29

Foto:

Juntamente com diretores de outras áreas e membros do conselho e da cúpula do banco, Boni faz parte de um comitê, idealizado por Laércio, que se reúne semanalmente para discutir processos de adoção e implementação de tecnologias, melhorando o entendimento dos homens de negócios sobre esses processos e dos técnicos sobre o que querem as outras áreas. Hoje, TI conta com 3,4 mil funcionários e um orçamento para 2005 que faz inveja a muita empresa grande: 1,5 bilhão de reais.
Para Laércio, o entendimento acontece quando TI deixa de falar em “bites e bytes” e desmistifica a tecnologia ao usuário, levando o conhecimento adiante sem o temor típico de que, com isso, poderá perder poder. “Todos só têm a ganhar quando se coloca a transparência em primeiro lugar.”
Além do comitê, outra iniciativa voltada especificamente a esse alinhamento foi a da criação da unidade de Tecnologia do Negócio, em 2001, para fazer a interface das áreas de negócios com a de TI. São mais de 100 funcionários, de diferentes formações, dedicados a entender como a tecnologia se aplica às necessidades de negócios do banco. “Tecnologia do Negócio é, aliás, um termo que pode substituir o de Tecnologia da Informação, assim como este substituiu o de informática conforme novas necessidades surgiram”, acredita Laércio.
Segundo ele, os resultados do maior alinhamento são visíveis: “por exemplo, no recente lançamento do Bradesco Consórcio, a TI conseguiu agir rapidamente, ajudando a lançar o produto em um prazo de apenas 90 dias”.
Quer dizer então que, com um chefe tão compreensivo, fica mais fácil aprovar projetos de TI? Nem tanto; as regras são claras. “Aqui tudo é muito estudado. Além das justificativas dos projetos perante as áreas de negócios, as tecnologias devem ser balizadas por nossa unidade de pesquisas e, claro, passar por licitações. TI é, sim, indispensável ao negócio, mas não decide o negócio”, deixa claro o vice-presidente do Bradesco.

Continuação: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail