Home > Gestão

Converta descrentes de TI em entusiastas

São muitos os líderes de negócio que têm pouca fé na capacidade da tecnologia da informação em fornecer valor. Para salvar seu pescoço — e suas empresas —, o CIO precisa transformar esta percepção negativa em uma crença positiva, mostrando TI como parceira estratégica

STEPHANIE OVERBY e RACHEL RUBIN*

24/08/2005 às 18h35

Foto:

PERCEPÇÃO
S. um pensamento, uma crença ou uma opinião, freqüentemente compartilhada por muitas pessoas e baseada em aparências.
-Cambridge Dictionary of American English
[Do Lat. perceptione]. S. f. Ato, efeito ou faculdade de perceber. [Cf apercepção]
- Novo Aurélio
“O cínico sabe o preço de tudo e o valor de nada”, escreveu Oscar Wilde. Hoje, esse aforismo descreve com muita propriedade o problema da percepção da tecnologia da informação em muitas empresas. Os que duvidam do valor de TI (e reclamam de seu custo) estão em toda parte, na sala do conselho, entre os CXOs que chefiam unidades de negócio e em meio aos usuários finais.
É bem verdade que os CIOs estão fazendo grandes avanços para aumentar a credibilidade de TI. Muitos mantêm um portifólio equilibrado de trabalho e praticam uma boa gestão de projetos. Alguns encontraram uma maneira de administrar as instalações como uma empresa disciplinada. E um punhado deles ocupa um assento à mesa executiva.
Mas dados da pesquisa “Convertendo Descrentes de TI em Fiéis”, realizada pela revista CIO, indicam que a opinião do negócio sobre a área de TI está longe da ideal. Mesmo em empresas com sólida reputação na comunidade de TI, a percepção do negócio sobre o seu valor é, em média, de inexpressivos 6,05 em uma escala de um a 10, em que um é extremamente negativo e 10 é extremamente positivo.
As maiores queixas? TI é cara demais. Demora demais para fornecer benefícios ou nem os fornece. É commodity, não proporciona diferenciação. Não está alinhada com a estratégia de negócio.
Em muitos casos, estas percepções são errôneas, baseadas em falta de entendimento ou de conscientização. Não que isso importe. “Quando você atinge um determinado nível em uma organização, percepção é sinônimo de realidade”, diz George Tillmann, vice-presidente e CIO da Booz, Allen & Hamilton, consultoria de gestão e TI de 3,1 bilhões de dólares. “Você pode argumentar até ficar roxo, mas isso não vai levá-lo a lugar algum.”

Continuação: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail