Home > Gestão

Gigantes da tecnologia dominam indústria de software open source

Redução de custos, inovação, qualidade e segurança estão entre os principais benefícios do uso de soluções de código aberto

Da Redação

08/08/2019 às 16h00

Foto: Shutterstock

Nos últimos anos, a cloud computing tem atraído os olhares de todos, mas foi graças ao software de código aberto que a nuvem se tornou tão acessível. Mesmo depois de duas décadas, a revolução do open source continua firme e forte, sendo liderada, hoje, por grandes fornecedores.

Segundo relatório da CBInsights, grande parte do código aberto continua livre e baseado na comunidade, mas agora também representa uma fatia imensa da indústria quando se pensa em receita. Para 2019, a expectativa é de que os serviços de código aberto ultrapassem os US$ 17 bilhões, chegando a quase US$ 33 bilhões até 2022.

Além das previsões dos analistas, deve-se levar em conta toda a movimentação bilionária em aquisições recentes. A Red Hat, por exemplo, foi adquirida pela IBM por US$ 34 bilhões, e o próprio GitHub foi comprado pela Microsoft por US$ 7,5 bilhões.

Hoje, grande parte da ação do setor open source está acontecendo no nível corporativo. Segundo uma pesquisa da Red Hat, 68% das organizações aumentaram o uso de código aberto e outras 59% pretendem continuar com esse crescimento. Além disso, o papel mais proeminente das soluções de código aberto é a modernização da infraestrutura de TI, com 53% das empresas empregando a tecnologia para essa finalidade. Já 43% utilizam o open source na integração de aplicativos e outras 42% afirmam que as soluções de código aberto fazem parte da sua estratégia de transformação digital.

A estimativa é de que mais de 30 milhões de desenvolvedores contribuem em plataformas como o GitHub, e pelo menos oito dos 10 projetos mais populares da plataforma são produtos de grandes empresas de tecnologia como Microsoft, Facebook, Google e IBM - nenhuma de código aberto. No entanto, apenas uma pequena parte das contribuições do projeto vem de seus funcionários.

Benefícios e desafios

Conforme revelado pelo levantamento da Red Hat, a redução de custos, inovação, qualidade e segurança estão entre os principais benefícios do uso de soluções de código aberto. Apesar disso, preocupações sobre o último item ainda são comuns. Para os especialistas, o crescente número de hacks e violações de dados acabam gerando receios, já que um código-fonte aberto não gerenciado, encontrado em toda a web, pode introduzir vulnerabilidades em soluções de código aberto. Para reduzir os riscos, é fundamental utilizar fontes confiáveis e contar com ferramentas automatizadas para remediar possíveis falhas de segurança.

Outro ponto de atenção está relacionado aos desafios que a comunidade open source enfrenta atualmente. Especialistas alertam que as gigantes da nuvem se beneficiam dos outros projetos hospedados em plataformas de código aberto. Nesse sentido, diversos provedores de serviços de nuvem copiaram o código-fonte de projetos populares, fizeram pequenas alterações e ofereceram aos seus clientes como serviços de sua propriedade. Em resposta a essa prática, diversas plataformas open source estão adotando medidas para limitar a atividade de provedores de serviços comerciais.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail