Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
As 10 características de gerentes de projeto altamente eficazes
Home > Gestão

As 10 características de gerentes de projeto altamente eficazes

Ser um bom gerente de projeto ganhou novo significado em 2020. É preciso ser parceiro de negócios estratégico e seguir com contratempos inevitáveis

Moira Alexander

14/12/2020 às 9h00

Foto: Adobe Stock

Todo gerente de projeto sabe executar projetos dentro do prazo e do orçamento. E bons gerentes de projeto também se esforçam para atender aos requisitos do projeto de forma consistente. Mas os líderes de projeto verdadeiramente excelentes vão além. Entre outras coisas, eles não apenas executam projetos dentro do escopo; eles são parceiros de negócios estratégicos responsáveis, totalmente investidos no sucesso organizacional.

Leia também: 13 ‘melhores práticas’ que a TI deve evitar a todo custo

Muita coisa mudou em 2020. O gerenciamento de projetos se tornou mais complexo como resultado da Covid-19. Se você está procurando se destacar e levar sua carreira de gerenciamento de projetos para o próximo nível, as seguintes características de gerentes de projeto altamente eficazes irão lhe mostrar o caminho. Juntamente com as habilidades técnicas necessárias, esses atributos o colocarão em uma demanda maior como gerente de projeto, fornecendo uma base sólida que permitirá que você se adapte à dinâmica de um projeto em constante mudança, enquanto coloca as necessidades das partes interessadas em primeiro lugar, acima de tudo.

1. Um parceiro de negócios estratégico

Os gerentes de projeto que podem oferecer habilidades de liderança estratégica de nível superior, não apenas habilidades de gerenciamento técnico, oferecem vantagens significativas para organizações de todos os tamanhos. Desde o início da pandemia no início de 2020, existem fatores muito mais complexos, internos e externos, que podem impactar negativamente projetos de todos os tipos. Esses fatores incluem a linha de base tripla (resultados econômicos, ecológicos e sociais), restrições legais e legislativas, questões de projetos remotos e fatores internacionais e culturais - para não mencionar atrasos e restrições de recursos significativas.

CIO2503

E-book por:

Fatores como esses criam obstáculos adicionais que um gerente de projeto deve enfrentar. Se você não tem um forte entendimento de como seu projeto se encaixa nos objetivos estratégicos gerais da empresa, você prejudica significativamente suas chances de entregar resultados eficazes. Os escritórios executivos de gerenciamento de projetos se concentram nessa conexão e aumentam as taxas de sucesso de projetos, programas e portfólio.

2. Focado nas partes interessadas

Covid-19 devastou empresas e indivíduos em todo o mundo, tornando difícil concentrar-se nas necessidades das partes interessadas em comparação com as dificuldades pessoais e familiares. No entanto, como profissionais, bons gerentes de projeto podem separar suas necessidades pessoais das necessidades dos stakeholders do projeto. Eles oferecem sempre o melhor desempenho no trabalho, independentemente de tendências ou necessidades pessoais. Esse é o nível de foco com o qual as empresas passaram a confiar na profissão de gerenciamento de projetos - e o que faz os principais candidatos se destacarem.

3. Generoso com os créditos para os outros

As contribuições de outras pessoas impactam fortemente a eficácia do líder do projeto em sua equipe. Gerentes de projeto altamente eficazes compartilham o crédito pelo trabalho bem executado e incentivam todos os membros a participar e contribuir em seus níveis mais altos. Em vez de tentar ser um pau para toda obra, aproveite o conhecimento e as habilidades dos outros na equipe. Essa tática simples, mas eficaz, aumentará significativamente a probabilidade de atingir os objetivos.

4. Um motivador habilidoso

A capacidade de um gerente de projeto de se comunicar e influenciar uma variedade de partes interessadas é fundamental para o sucesso do projeto. Afinal, você precisa encontrar maneiras de motivar os funcionários sobre os quais você ainda não tem influência direta e que podem fazer ou quebrar um projeto. É necessário inspirar confiança nas mentes das partes interessadas e patrocinadores, principalmente se e quando houver necessidade de abordá-los com mudanças no escopo do projeto. Você deve demonstrar respeito pelos membros da equipe, partes interessadas e patrocinadores em todos os momentos se quiser receber o respeito deles. É quase impossível para os projetos progredirem na direção certa e no prazo sem respeito e motivação, especialmente de patrocinadores e partes interessadas.

5. Totalmente investido no sucesso

Gerentes de projeto altamente eficazes acreditam em seu trabalho e estão totalmente empenhados em ver um projeto do início ao fim. Essa mentalidade ajuda a alcançar os melhores resultados ao longo do projeto. Envolva-se completamente em todos os aspectos profissionais do projeto, suas atividades e seu pessoal. Evite se esforçar demais se quiser manter a integridade profissional e a satisfação das partes interessadas. John Paul Engel, Presidente da Knowledge Capital Consulting, afirma que o engajamento, a resiliência e a capacidade de manter um alto nível de satisfação do cliente e da equipe são as chaves para gerar resultados.

6. Responsável e íntegro

Nem tudo em um projeto sairá conforme planejado. Erros são esperados, mas é importante sempre aceitar quando você está errado e aprender com seus erros. Ser responsável por suas decisões e ações é vital e envia uma mensagem forte para o resto da equipe. Paul Dillon, Fundador da Dillon Consulting Services, concorda: “Integridade, determinação, bom senso, a capacidade de formar uma visão e executá-la, confiança em sua própria competência” são marcas registradas de gerentes de projeto altamente eficazes. “Sem a capacidade de ser altruísta, de colocar as necessidades e desejos dos outros antes dos seus, você nunca fará com que as pessoas 'sigam você para um lugar onde não iriam sozinhas'”, diz Dillon, citando Joel A Barker. “E é por isso que a maioria das pessoas falha em posições de liderança, eu acho, ou não consegue”.

Leia também: As 12 habilidades que toda empresa deseja em um CIO

7. Um comunicador eficaz

Considerando que a comunicação desempenha um papel significativo no gerenciamento de projetos, equipes e outras partes interessadas, esta se torna a habilidade mais crítica. Comunicação não significa apenas ser um facilitador, palestrante ou escritor estelar; requer boas habilidades de escuta. Ouvir ativamente o que está sendo dito - e não dito - e levar em consideração o contexto é importante. Ouvir as opiniões dos outros e levar em consideração suas experiências e conhecimentos ajuda a reduzir conflitos e riscos potenciais devido a pontos cegos e aumenta a probabilidade de sucesso do projeto.

8. Um líder respeitado

Embora você não possa agradar a todos, ter uma reputação estabelecida como líder respeitado normalmente significa que você a conquistou por meio de trabalho árduo. Se você é novo no gerenciamento de projetos, isso levará tempo. Trabalhar para se tornar um comunicador eficaz, investindo no sucesso das partes interessadas e mantendo a responsabilidade e integridade, entre outras coisas, pode ajudá-lo a chegar lá mais rápido. Uma vez lá, é muito mais fácil liderar projetos e equipes com mais facilidade.

9. Um agente de mudança

Se 2020 nos ensinou alguma coisa, a mudança é inevitável e pode ser altamente prejudicial para todas as áreas dos negócios e da vida pessoal - e o gerenciamento de projetos não é exceção. Gerentes de projeto altamente eficazes entendem isso, adotam isso e incorporam elementos de incerteza em seus planos de projeto. Eles também reconhecem a necessidade de trabalhar em estreita colaboração com especialistas em gestão de mudança para ajudar as partes interessadas a se adaptarem às mudanças e se prepararem melhor para o estado futuro das coisas - e trabalhando no escuro.

10. Trabalhe no escuro

Todos os atributos mencionados anteriormente falam por si, mas o que realmente diferencia um gerente de projeto é sua capacidade de "trabalhar no escuro". Essa é uma habilidade obrigatória, pois a maioria dos projetos, independentemente do tipo, indústria, tamanho ou complexidade, terá áreas obscuras que você precisará navegar em algum ponto. Problemas com restrições e complexidades externas, limitações de projeto remoto, conflito e ambiguidade - essas e outras incertezas quase certamente serão encontradas. Joyce Wilson-Sanford, Coach Executiva, Consultora e Redatora da JWS Consulting and Read Joyce, diz que a capacidade de abordar a mudança em uma organização, para ver quando um projeto está com problemas ou pode causar problemas, e para não ser perturbado pelo atraso ou crise ou cortes no orçamento são fundamentais. Gerentes de projeto com altas habilidades técnicas e de pessoal são uma combinação difícil de encontrar, diz ela. E quando você combina tudo isso com a habilidade de trabalhar no escuro, você se torna um gerente de projeto muito eficaz.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15