Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
3 perguntas para orientar sua transformação SAP para S/4HANA
Home > Gestão

3 perguntas para orientar sua transformação SAP para S/4HANA

Aborde essas questões-chave para adaptar uma migração aos contornos de seu cenário SAP

Steele Arbeeny, CIO (EUA)

19/01/2021 às 20h01

Foto: Adobe Stock

Quando uma empresa decide fazer uma jornada SAP S/4HANA, ela busca atingir os seguintes objetivos: aderir às melhores práticas SAP, modernizar processos de negócios, reestruturar estrategicamente os negócios, introduzir inovação para reduzir a dívida de TI e simplificar seu cenário SAP.

Mas a orientação que as empresas recebem para essa jornada varia de confusa a totalmente contraproducente. S/4HANA deve simplificar e transformar sistemas locais desarticulados e não harmonizados em um sistema único e colocado que reduz a pegada da infraestrutura, agrupa analytics, consolida cenários SAP complexos e até mesmo repassa algumas economias.

Se S/4HANA é a chave para a simplificação para muitas organizações, o caminho para chegar lá é tudo menos simples. Então, vamos simplificar. Aqui estão as três perguntas que toda empresa precisa fazer e três checks para dar na sua lista, a fim de realizar uma migração S/4HANA perfeita e bem-sucedida.

Quantas personalizações usamos?

Como somos personalizados? Quantas dessas personalizações realmente usamos? Quantos são de missão crítica? Se você não pode responder a essas perguntas, então não vá em frente - você não pode sobreviver em um mundo onde suas personalizações não são compreendidas.

As personalizações para organizações maiores podem ser essenciais; eles ajudam a administrar a organização. Por exemplo, se as personalizações são a forma como uma empresa química gerencia a conformidade para materiais perigosos, isso deve fazer parte do cálculo para uma transformação e migração SAP.

Gerenciar suas personalizações significa saber onde essas personalizações estão e como elas afetam seu processo de negócios atual. É imprescindível uma avaliação que identifique quais você realmente precisa e quais não. Isso também envolve o alinhamento com um parceiro de software que pode escanear automaticamente seus sistemas para fornecer essa análise, identificando se você possui personalizações que não está usando e/ou podem ser substituídas por funcionalidade nativa no ERP.

Minha pegada de dados caberá?

Mesmo eliminando alguns dados por meio da migração seletiva de dados e trazendo apenas o que é necessário, ainda posso caber em um tamanho que possa ser usado ou estar disponível para a infraestrutura S/4HANA escolhida? Isso é importante porque a migração de S/4HANA não é um empreendimento único.

Veja, por exemplo, a Microsoft Azure. O maior sistema HANA do Azure acomoda até 12 TB de dados. O seu ambiente S/4HANA se encaixa nisso? Caso contrário, isso reduzirá muito suas opções de migração. Conhecer sua pegada de dados e que tamanho de ambiente seu sistema SAP S/4HANA requer é essencial antes de uma migração para a nuvem. Outro detalhe crucial é analisar a taxa de crescimento de dados no ambiente SAP ERP atual e como os requisitos de dimensionamento precisarão ser alterados no futuro.

Qual parte do negócio mudará mais com a migração para o S/4HANA?

Embora todas as decisões acima sejam pontos de partida, essa é a pergunta nº 1 na mente dos líderes de TI. As questões sobre o tamanho dos dados e personalização virão mais adiante. O que todos realmente querem saber desde o início é: que parte da organização verá mais interrupções com a migração do SAP S/4HANA? É finanças? Fabricação? Logística?

Saber quais áreas da organização verão mais mudanças e o impacto dessas mudanças é fundamental para adaptar a abordagem de migração. No final do dia, não se trata realmente de multilocatário x locatário único x nuvem privada. É muito mais simples do que isso: onde estão sendo sentidas mais perturbações? E como essas mudanças afetarão meu trabalho de segunda de manhã a sexta à tarde?

Responder a essas perguntas a fim de adaptar uma migração aos contornos de seu cenário SAP é a chave para uma jornada S/4HANA perfeita.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

<

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15