Home > Tendências

Conheça as melhores práticas para retenção de talentos

Segundo gerente da Robert Half, manter um colaborador vai além de uma boa remuneração

Da Redação

11/04/2019 às 14h30

Foto: Shutterstock

Para além de encontrar e contratar mão de obra qualificada para as suas demandas, um dos grandes desafios das empresas na atualidade envolve a manutenção de profissionais de alto desempenho. Em um novo artigo, a Gerente Senior de Recursos Humanos da Robert Half, Evelin Santos, destaca que manter um colaborador vai além de uma boa remuneração, incluindo um cojunto de fatores que influenciam na qualidade de vida e no seu bem-estar da pessoa na companhia.

Segundo a especialista da empresa de recrutamento, é preciso se atentar a isso, já que perder um professional pode gerar gastos elevados para uma companhia, que podem chegar a centenas de milhares de reais, além da propria perda de expertise.

“Para evitar esses prejuízos, é fundamental investir em procedimentos que minimizam a rotatividade de pessoal”, afirma Evelin em um texto no blog da Robert Half com práticas para ajudar na retenção de talentos.

A gerente destaca que soluções que vão além do pagamento possuem um peso importante na escolha por ficar ou sair do trabalho – “67% dos brasileiros têm preferência por benefícios de proteção à renda em relação a salários mais altos”, afirma.

Segundo a especialista, a lista de práticas para ajudar a manter profissionais na empresa inclui os seguintes pontos: investir em um bom processo de atração e seleção, Promover uma boa integração, Implantar um plano de desenvolvimento profissional, demonstrar que há propósito naquilo que o profissional faz, adotar job rotation e implementar home office.

Para conferir mais informações sobre essas e outras práticas sugeridas pela Robert Half, clique aqui para acessar o post original da companhia especializada.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail