Home > Tendências

Economia com coletor de dados wireless

Usina Equipav adota tecnologia sem fio e ganha produtividade em seu almoxarifado

27/06/2007 às 11h57

Foto:

Coletores de dados sem fio foram a solução encontrada pela Usina Equipav para modernizar seu almoxarifado e agilizar o serviço, economizando tempo, dinheiro, equipamentos e força de trabalho.
Antes de contratar a e-Logicon para fornecer a solução, a Equipav fazia o controle do departamento parcialmente à mão, o que gerava excesso de papéis e maior probabilidade de erros de processo. Com o novo sistema de recebimento, armazenagem, localização e expedição, os materiais passaram a receber etiquetas com código de barras. Também a realização de inventários foi facilitada.
"Não há mais necessidade de digitação, então não acumulamos mais fichas e diminuímos consideravelmente os erros", afirma o supervisor de suprimentos da usina, Luís Henrique Ferreira. Ele conta que, para concluir um inventário, levava-se mais de uma semana, num trabalho que envolvia 40 pessoas e mais de cinco mil itens listados. Ao receberem a lista de produtos estocados, os almoxarifes realizavam a contagem e anotavam as quantidades. Depois, digitavam as informações no sistema e, em caso de conflito de dados, era feita uma recontagem. Agora, os almoxarifes utilizam os coletores para leitura do código de barras e o operador é avisado com um alerta, na hora da contagem, assim que o erro é detectado.
"No final do ano passado, realizamos o inventário de quase dez mil itens graças à automatização. Ou seja, aumentamos em 50% a produtividade, utilizando dez pessoas a menos", enfatiza. Também seis computadores foram realocados e três funcionários trocaram de setor – agora integram a nova usina do grupo, a Biopav, ainda em fase de construção.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail