Home > Gestão

Conhecimento como estímulo

Aproveite os desafios diários em projetos novos para valorizar sua equipe e ganhar sua dedicação

Marina Pita

29/01/2008 às 19h15

share_int.jpg
Foto:

O CIO é, sobretudo, um gerente de processos. E é dessa característica que deve tirar vantagem para liderar e estimular sua equipe. Esta é a opinião de Francisco Ramirez, professor de gestão de pessoas do Ibmec-SP.

“O chefe da área de tecnologia não trabalha sob coisas assentadas, está sempre observando e trabalhando com mudanças, ou seja, construindo conhecimento. Isso significa que a forma mais natural de estimular sua equipe é ressaltar esse aspecto do trabalho,” explica Ramirez.

Para o professor e sócio da ARC Executive Talent Recruting, estimular e destacar o aprendizado que a experiência de trabalhar no departamento de tecnologia tem a oferecer é muito importante para ter uma equipe coesa e enérgica.

“O conhecimento adquirido em cada projeto – reforçado por treinamentos adicionais que a empresa pode e deve oferecer – é um bem do profissional, algo que terá para sempre e que o valoriza no mercado,” garante ele.

Uma forma de destacar a criação de conhecimento dentro do departamento e estimular a interação entre profissionais com tendência a se concentrarem no que se passa no monitor - cada vez mais munidos de fones de ouvido - consiste na criação de ferramentas de compartilhamento de informações e progresso. “É possível criar um sistema interno para dividir as conquistas da área, democratizar a informação e valorizar os profissionais envolvidos tanto por conta do reconhecimento como pela ‘escola’ instalada,” diz Ramirez.

Alguns CIOs fazem isso com maestria, afirma o professor, para isso é preciso estimular a troca. “Precisa ser uma cultura da empresa. Não adianta criar sistema de informações e compartilhamento se os profissionais acharem que têm mais valor guardar o conhecimento adquirido. E o exemplo deve, sempre, partir de cima.”

“Eu diria que somente uma liderança inspiradora, de um CIO qualificado, pode estimular a utilização ótima desse arsenal de tecnologia e informações,” conclui Ramirez.

Francisco Ramirez é sócio da ARC Executive Talent Recruiting. Tem um BA em Psicologia e é Psicólogo graduado pela UFRJ. Tem extensão em Administração e Comportamento Organizacional pela FGV-RJ e PUC-RJ e em Gestão Avançada de Recursos Humanos pela University of Michigan

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail