Home > Gestão

Como lidar com as demandas de uma força de trabalho móvel

Se antes os Millennials queriam levar seus dispositivos para o escritório, agora eles querem levar o escritório para qualquer lugar. E cabe às empresas se adequar a essa nova realidade

Por Christoph Schell *

16/07/2018 às 14h45

millenials_at_work_artigo christoph.jpg
Foto:

millenials_at_work_artigo christoph

Há não muito tempo, a
entrada dos primeiros Millennials nas empresas e suas demandas crescentes por
usar dispositivos móveis pessoais (notebooks e smartphones) para acessar dados corporativos,
surgiram as chamadas políticas
de BYOD (Bring Your Own Device - Traga seu próprio dispositivo).

Hoje a maré mudou. O contingente
de Millennials na força de trabalho está cada vez maior e o ambiente de
trabalho está se transformando, por causa da mobilidade, em companhias de todos
os portes. Até 2025, a geração do milênio representará 75% da força de trabalho
global, e eles não aceitam as regras das gerações anteriores. Eles querem
trabalhar em qualquer lugar e sempre com dispositivos móveis conectados que
sejam divertidos, além de funcionais, elegantes, poderosos e fáceis de usar.

O espaço de trabalho
hoje é colaborativo, flexível, orientado a projetos e não mais limitado por
horários ou localização geográfica. Na verdade, 94% dos millennials dizem que a
colaboração é “criticamente importante” para o trabalho e 40% do tempo é gasto
em teleconferências. A mobilidade permite que as empresas fiquem conectadas com
funcionários em todo o mundo, melhorem o tempo de resposta e diminuam o custo
das operações.

Ao se tornar móveis,
os funcionários podem colaborar com colegas e clientes em qualquer lugar, a
qualquer hora. O surgimento de aplicativos de produtividade móvel também está
em ascensão, ajudando a agilizar os processos de negócios, como enviar
relatórios de despesas, gerenciar chamadas em conferência e, em última análise,
melhorar a produtividade geral dos funcionários e a satisfação no trabalho.

Ao fornecer acesso
imediato aos dados da empresa, incluindo histórico de compras do cliente,
informações sobre produtos e níveis de estoque, o serviço de campo e a equipe
de vendas podem resolver com mais rapidez os problemas dos clientes e fechar
negócios. E com acesso em tempo real aos dados, a gerência sênior pode tomar
decisões mais oportunas e ações imediatas.

Satisfazendo a necessidade de versatilidade dos
dispositivos

A força de trabalho
móvel é caracterizada por uma variedade de dispositivos que eles precisam ao
longo do dia. A consultoria Gartner, descobriu que os funcionários de hoje usam
uma média de três dispositivos diferentes em sua rotina diária. O estudo também
descobriu que a grande maioria dos empregados usa mais do que um dispositivo para concluir tarefas. Eles podem iniciar uma
atividade em um smartphone e, em seguida, mudar para um notebook ou desktop para
concluir a tarefa.

Em resposta a essa
necessidade, surge uma ampla gama de opções móveis premium para o ambiente corporativo, projetados
especificamente para fornecer uma transição perfeita de um dispositivo móvel
para um notebook ou desktop, permitindo que os usuários executem aplicativos de
produtividade em todos os dispositivos.

Por exemplo, um
vendedor em trânsito pode usar um aplicativo para Força de Vendas pré-instalado em seu dispositivo
móvel e, quando chegar ao escritório, conectar o dispositivo a um monitor e a um dockstation para continuar o trabalho. E, se um
software específico da empresa ainda não tiver uma versão móvel disponível, o
departamento de TI poderá virtualizar o aplicativo para desktop usando uma ferramenta
de mercado, para fornecer conteúdo com rapidez e segurança.

Atendendo aos requisitos de impressão móvel

Entender a
oportunidade da impressão móvel no local de trabalho exige, em primeiro lugar, questionar a noção de que a
empresa abandonou grande parte de sua necessidade de material impresso. Embora
milhares de e-mails, documentos e postagens sociais sejam distribuídos e
visualizados em dispositivos móveis, os funcionários ainda precisam de soluções
de impressão móvel dentro e fora do escritório.

Os formulários e
fluxos de trabalho digitais podem reduzir
a quantidade de documentos, mas muitas organizações ainda contam com
contratos impressos, formulários do governo e relatórios para apoiar os
processos de negócios - especialmente em áreas altamente regulamentadas, como
finanças e saúde.

Mais e mais empresas
estão aproveitando as novas impressoras móveis compactas para permitir que a
equipe de campo imprima recibos, ordens de serviço e relatórios ou capture
assinaturas. E, no escritório, as corporações
estão resolvendo a necessidade de impressão móvel de duas maneiras. Uma
delas é utilizar a infraestrutura baseada em nuvem para que os funcionários
enviem uma solicitação de impressão para uma impressora remota registrada,
diretamente de seu dispositivo móvel ou de um aplicativo. Outra é adotar a
impressão habilitada para Wi-Fi, permitindo que os usuários imprimam
diretamente pela rede com recursos sem fio.

Respondendo a preocupações com segurança móvel

Embora a mobilidade
ofereça às empresas muitos benefícios, ela também aumenta a importância da
segurança. Até agora, as empresas têm se concentrado principalmente na proteção
da rede corporativa com firewalls, e pouca atenção era dada à proteção dos endpoints
– dispositivos conectados na periferia das redes, como notebooks, smartphones e
impressoras. Mas com o aumento significativo das violações de dados por meio de
portas externas, as empresas agora estão se concentrando na segurança desses
endpoints.

Os dispositivos endpoint
se tornaram um alvo cada vez mais popular de hackers, por conta das vulnerabilidades
inerentes que podem ser exploradas para expor dados confidenciais da empresa
circulando em ambientes remotos. Os hackers podem injetar malwares em
dispositivos desprotegidos, que podem interceptar dados viajando de uma rede corporativa
para um dispositivo móvel (ou do dispositivo para a rede corporativa) ou usar o
código malicioso para acessar a rede de uma empresa por meio de computadores
móveis vulneráveis.

Em resposta às crescentes
preocupações de segurança, estamos criando recursos de proteção rigorosos embutidos em uma vasta gama de
dispositivos. Os recursos de segurança adicionados ao endpoint podem impedir
ameaças de malware nativamente na BIOS e permitir que a TI faça a remoção e limpeza de arquivos dos PCs, remotamente,
através da nuvem.

A mobilidade está
rapidamente se tornando um imperativo estratégico nas empresas, para manter
produtividade, comunicação e a motivação
no local de trabalho. Como a nova geração de trabalhadores que cresceu
com as tecnologias sociais e móveis está se tornando a maioria da força de
trabalho, é crucial que as empresas criem ambientes de trabalho que suportem
esses avanços tecnológicos.

 

(*) Christoph Schell é Presidente da divisão Américas da HP Inc. e membro do conselho consultivo da companhia. Em seu cargo, Christoph é responsável pela estratégia go-to-market e pela performance financeira dos negócios em toda região das Américas, em todos os produtos e serviços.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail