Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Como CIOs se tornam protagonistas na estratégia de negócios das empresas?
Home > Carreira

Como CIOs se tornam protagonistas na estratégia de negócios das empresas?

Durante IT Forum@home, líderes de tecnologia da Dafiti, Novelis e Procergs, refletiram sobre o papel da TI como orquestradora dos negócios

Marystela Barbosa

17/06/2020 às 12h00

Foto: Shutterstock

O papel de CIOs e CTOs em decisões estratégicas das companhias é tema recorrente no mercado, porque mostra demanda do setor. “O papel do CIO na orquestração de negócios” foi tema de um dos Breakouts do IT Forum@home, evento realizado pela IT Mídia entre os dias 11 e 13 de junho.

O debate recebeu Sylvia Sanchez, CIO da Novelis; José Antonio Leal, CIO da Procergs, e Cristiano Hyppolito, CIO da Dafiti. A moderação ficou por conta de Sergio Lozinsky, fundador da Lozinsky Consultoria.

O estudo “Antes da TI, a Estratégia”, realizado anualmente pela IT Mídia, mostra que o perfil dos CIOs tem mudado durante os anos. “75% deles, representantes das mil maiores empresas do Brasil, tem menos de 20 anos como gestores de TI. Esse cenário já foi o inverso. A gente está em outro momento de experiência e vivência como CIO. A TI, cada vez mais, se dissemina pelo negócio e exige que essa orquestração aconteça”, explica Lozinsky. Em 2020, 60% dos entrevistados pela pesquisa dizem que não enxergam suas empresas como extremamente inovadoras, mas sim acompanhando e reagindo às tendências de mercado.

“A intensidade com que a TI participa da orquestração de negócios faz com que a área se torne protagonista desta inovação. Mais da metade dos CIOs dizem que pretendem continuar na área no futuro, poucos pensam em mudar de posição ou sair do mercado corporativo. Isso significa que o cargo está sendo valorizado dentro das empresas”, complementa Lozinsky.

CIO2503

E-book por:

Estratégia e habilidades

Tendo assumido o cargo de CIO há pouco mais de dois anos, Sylvia conta sobre as mudanças que percebeu em sua trajetória, uma vez que vem de uma formação mais técnica, na área de eletrônica. “Para o CIO hoje, há uma série de habilidades para além da tecnologia, como comunicação, pessoas, responsabilidade e ética. Os drivers do cargo de gestão de TI estão sempre em revisão. Hoje, é são comportamento, projetos táticos, operacionais e estratégicos, tendo como base sempre a tecnologia”, diz a executiva.

“Como CIO, eu adoto e venho solidificando alguns conceitos que alinhados com o que está presente no segmento industrial, que são os 5Rs: reciclar, recusar, repensar, reutilizar e reduzir.” Além das diversas competências deste profissional, Sylvia aponta que outro ponto fundamental para ser orquestrador está baseado no relacionamento, fundamentado nas parcerias da área de TI.

“É importante estar focado nos negócios, no ganha-ganha. É preciso incentivar um trabalho em grupo, pra gerar desempenho e confiança. Além disso, é preciso focar também a questão da empatia. A tendência de nós, nascidos na tecnologia, é se apaixonar pela solução, não pelo problema, e isso é um risco. A gente tem que se apaixonar pela dor do usuário”, afirma.

Para saber mais sobre as trajetórias dos líderes de tecnologia que participaram do IT Forum@home, acesse a matéria completa disponível no IT Forum 365.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15