Home > Tendências

Como a ausência de governança pode aumentar os gastos com TI

Preocupação crescente de empresas brasileiras com investimento em tecnologia ainda peca com falta de visão integrada

Da Redação

03/06/2019 às 20h21

Foto: Shutterstock

Os investimentos em TI corresponderam, em média, a 7,9% do faturamento líquido das empresas brasileiras em 2018, segundo a 30ª Pesquisa anual do uso de TI no Brasil, divulgada pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada, da FGV EAESP. O volume investido foi maior no setor de serviços (11,2%), seguido da indústria (4,8%) e do comércio (3,7%).

Embora seja cada vez mais frequente a preocupação com a implantação de projetos ligados à inteligência analítica e ERP, muitas empresas ainda inflam gastos pela ausência de visão integrada sobre sistemas e infraestrutura. Estudos da TCP Latam, boutique de investimentos e gestão, apontam que, no varejo e na indústria, empresas podem reduzir de 30% a 50% dos custos referentes a pessoas e contratos de TI. Essa economia está diretamente ligada a projetos que contemplem governança e gestão de infraestrutura.

Para Ricardo Jacomassi, sócio da TCP Latam, as empresas localizadas no interior do Brasil tendem a apresentar maior grau de defasagem em relação à gestão de TI. Em sua visão, tal atraso se dá por três motivos:

● Zona de Conforto: no interior do Brasil, a maioria das empresas não está exposta aos níveis de competição dos grandes centros;

● Gestão não profissionalizada: em empresas familiares, perfil em que se enquadra a maioria dessas companhias, a gestão de TI não é considerada estratégica, mas acessória;

● Cultural: acostumadas ao mesmo "jeito" de operar, as companhias do interior costumam apresentar maior resistência às mudanças tecnológicas.

Alfredo Caran, Diretor de TI da TCP Latam, alerta que a falta governança e controle de contratos de TI, assim como falhas na integração de sistemas e redes, pode causar prejuízos importantes em setores como o varejo. Na indústria, um dos pontos mais sensíveis é ausência de um plano de manutenção preventiva para equipamentos e controle sistêmico das atividades industriais.

Análises da TCP Latam indicam ainda que a otimização dos investimentos depende de um acompanhamento constante das condições dos contratos vigentes e da infraestrutura utilizada. Em casos de sucesso, no varejo e na indústria, o time de TI da TCP Latam observa que, a partir da implementação de processos de governança, os custos com TI podem diminuir, em média, 50%.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail