Home > Notícias

Cisco alerta sobre vulnerabilidades no Data Center Network Manager

Vulnerabilidades podem permitir que invasores executem ações arbitrárias com permissões administrativas

Michael Cooney, Networkworld

06/01/2020 às 16h25

Foto: Shutterstock

A Cisco lançou nesta semana um software para tratar diversas exposições críticas de autenticação no Data Center Network Manager (DCNM) para os seus switches de data center Nexus. O DCNM é um painel de gerenciamento central para malhas de datacenter baseado em switches Cisco Nexus e lida com tarefas como automação, controle de configuração, gerenciamento de políticas de fluxo e detalhes de integridade em tempo real para malhas, dispositivos e topologia de rede.

De acordo com a Cisco, havia três exposições, classificadas em 9,8 de 10 no Common Vulnerability Scoring System, nos mecanismos de autenticação DCNM que poderiam permitir que criminosos ignorassem a autenticação e executassem ações arbitrárias com privilégios administrativos em dispositivos vulneráveis.

A companhia afirmou, ainda, que as vulnerabilidades são independentes uma da outra, portanto, a exploração de uma não é necessária para explorar as demais. Além disso, uma versão de software afetada por uma das vulnerabilidades pode não sofrer impacto das outras.

As falhas incluem:

Vulnerabilidade de desvio de autenticação da API REST: uma vulnerabilidade na extremidade da API REST do Cisco DCNM pode permitir que um invasor ignore a autenticação.

“A vulnerabilidade existe porque uma chave de criptografia estática é compartilhada entre as instalações. Um invasor pode explorar essa vulnerabilidade usando a chave estática para criar um token de sessão válido. Uma exploração bem-sucedida pode permitir que o invasor execute ações arbitrárias por meio da API REST com privilégios administrativos”, afirmou a Cisco.

A autenticação da API SOAP ignora a vulnerabilidade: uma falha no ponto de extremidade da API SOAP do Cisco DCNM pode permitir que um cibercriminosos ignore a autenticação em um dispositivo afetado. Como a vulnerabilidade REST, esse problema existe porque uma chave de criptografia estática é compartilhada entre instalações. Explorações podem permitir ações arbitrárias por meio da API SOAP com privilégios administrativos.

Vulnerabilidade de desvio de autenticação: uma falha na interface de gerenciamento baseada na Web do Cisco DCNM também pode permitir que hackers ignorem a autenticação em um dispositivo afetado. Mais uma vez, a vulnerabilidade se deve à presença de credenciais estáticas que um invasor pode explorar. “Uma exploração bem-sucedida pode permitir que o invasor acesse uma seção específica da interface e obtenha informações confidenciais. Essas informações podem ser usadas para realizar novos ataques contra o sistema”, escreveu a Cisco.

Não há soluções alternativas que resolvam essas vulnerabilidades, mas a companhia lançou uma versão do DCNM que corrige as falhas. A Cisco informou, ainda, que não tem conhecimento de casos de uso malicioso das vulnerabilidades do software.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail