Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Vale leva realidade aumentada para o campo
Home > Carreira

Vale leva realidade aumentada para o campo

Com projeto 'Veja o que eu Vejo', Vale passa a realizar inspeções remotas e manutenção de equipamentos

Tiago Alcantara

13/10/2020 às 13h00

Foto: Divulgação

Você já viu essa cena em algum filme: o personagem visita uma planta tecnológica e se depara com equipamentos que não sabe manusear. Na ficção, esse aventureiro se comunica com uma central onde algum especialista com toda pinta de hacker sabe exatamente o que fazer para que o tal device funcione.

Agora, imagine que essa situação toda acontecendo em 2020, com um operador utilizando realidade aumentada e realidade virtual para realizar inspeções remotas e manutenção de equipamentos. Esse tipo de inovação já é cena comum entre alguns times de campo da mineradora Vale. Um conjunto de tecnologias permite que os colaboradores tirem dúvida com especialistas, compartilhem a visualização de equipamentos e melhora a eficiência dessas manutenções.

O projeto “Veja o que eu Vejo” rendeu o primeiro lugar para a multinacional brasileira e no prêmio “As 100+ Inovadoras no Uso de TI” na Categoria Siderurgia, Metalurgia e Mineração (confira a lista de vencedoras). O IT Forum 365 conversou com o CIO da Vale, Gustavo Vieira, para saber mais sobre como a empresa tirou essa ideia do papel.

Inspeção remota e instrução dinâmica

Com ajuda de um óculos de realidade virtual e um telefone ou tablet, o operador visualiza o equipamento e, a partir daí, pode ler as instruções de como fazer a manutenção do aparelho ou pedir ajuda para um especialista de forma remota. A iniciativa foi acelerada por conta de política de segurança dos funcionários implementada pela marca, principalmente, na área industrial.

CIO2503

E-book por:

Mas, essa inovação é apenas uma em um processo maior que visa a segurança dos colaboradores. “Por conta da pandemia, estamos viabilizando qualquer função que possa ser feita de maneira remota”, explica Vieira. O executivo também comenta que, além da necessidade de retirar os colaboradores do campo, a empresa vem investindo no teletrabalho. “Todas as funções administrativas estão sendo feitas de casa. Ampliamos o uso de VPN de 600 conexões diárias para 30 mil conexões por dia”, aponta o CIO da Vale.

Leia a matéria completa no IT Forum 365.

Tags
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15