Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
O novo executivo de Tecnologia: a evolução do CIO
Home > Carreira

O novo executivo de Tecnologia: a evolução do CIO

Protagonismo dos executivos de tecnologia nos negócios está diretamente relacionado com a evolução do seu perfil

Por Francisco Barguil*

04/10/2021 às 19h25

Foto: Shutterstock

Nos últimos anos as empresas passaram, e ainda estão passando, por um processo muito rápido e intenso de transformação digital, com grandes mudanças em sua cultura organizacional. A pandemia acelerou ainda mais esses processos. E neste novo cenário, os profissionais também foram mudando de perfil e cargos que antes eram mais técnicos, passaram a ser estratégicos, levando executivos de tecnologia a figurar na liderança dos negócios.

Os recentes movimentos de aceleração nos processos de Transformação Digital deram visibilidade para os CTOs/CIOs (Chief Technology Officer/Chief Technology Officer), que normalmente têm um histórico de conhecer bem as áreas da empresa por buscarem, continuamente, otimizar processos e negócios com o uso da tecnologia. Tanto é verdade que, várias empresas promoveram executivos da área de tecnologia para a posição de CEO, como é o caso da AWS, XP Investimentos, Liberty Seguros e Neoenergia Distribuição Brasília.

Naturalmente, esse movimento de aumento de importância dos executivos de tecnologia está diretamente relacionado com a evolução do seu perfil. Há poucos anos, uma das principais queixas em relação a esse profissional era justamente sua falta de alinhamento com as áreas de negócios. Muitas vezes, ele insistia em ficar isolado em seu "mundinho tecnológico" e não procurava conhecer melhor os produtos e negócios da empresa.

Atualmente, o profissional que atinge a posição de CTO/CIO é alguém que sabe exercer a liderança, tem conhecimento da cultura organizacional, capacidade de resolver problemas e entende de gestão, estratégia, produtos e serviços da empresa. No exercício da função já estaria envolvido em projetos de todas as áreas da empresa, no entanto, hoje, tem o olhar multidisciplinar, interagindo com as equipes e não apenas cumprindo tarefas solicitadas.

Além disso, a velocidade com que a área de tecnologia avança e se moderniza exige que esse profissional aprenda a lidar bem com as mudanças cada vez mais necessárias para acompanhar a evolução do próprio mercado.

A expectativa é que empresas que passam a ser lideradas por aqueles que vieram da área de tecnologia incrementem sua capacidade de inovar em todos os níveis. Também, que sejam capazes de evoluir seus produtos e serviços para utilizar a tecnologia, de forma a oferecer cada vez mais conveniência e benefícios para seus clientes.

Testemunhando a evolução Depois de mais de 30 anos atuando e acompanhando o mercado de tecnologia, e tendo interagido com tantos CTOs/CIOs ao longo dessa trajetória, constatar e testemunhar essa evolução de perfil desses profissionais me traz grande satisfação.

Lembro-me muito bem da época em que a área de tecnologia, em muitas grandes empresas, era liderada pelo Executivo de Finanças - afinal, o principal uso dos computadores e sistemas estava diretamente ligado aos sistemas de contabilidade, gestão e folha de pagamentos.

Também recordo-me de um outro perfil de CTO/CIO muito comum naquela época, que era do profissional que tinha feito carreira como especialista em Mainframes IBM. Naquele tempo, um símbolo de status e poder para esse tipo de profissional era o tamanho físico de seu Centro de Processamento de Dados (o antigo CPD) - hoje parece brincadeira, mas muitos declaravam, com orgulho, o número de (metros quadrados) ocupados pelas salas geladas que abrigavam seus equipamentos, construídas com fundos falsos e outras traquitanas da época.

Pensando em tudo isso, vem à minha mente uma saudação que, fora engano, teve origem na cultura chinesa: "Possa você viver em tempos interessantes!". E não é que estamos mesmo vivendo em tempos interessantes?

*Francisco Barguil é CEO da OPUS Software

Snippets HTML5 default Intervenções CW
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15