Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Chief Strategy Officer: o líder da vez da transformação digital
Home > Carreira

Chief Strategy Officer: o líder da vez da transformação digital

Embora os CSOs concordem que a tecnologia seja peça-chave para o sucesso estratégico dos negócios, poucos sentem suas empresas preparadas para isso

Da Redação

04/05/2021 às 10h50

Foto: Adobe Stock

Um estudo que fornece percepções sobre o papel do Chief Strategy Officer (CSO) e a evolução da função de estratégia, descobriu que mais da metade dos CSOs relatam desempenhar um papel grande ou muito grande na administração dos esforços de transformação digital de suas empresas. A grande maioria dos executivos pesquisados ​​concordaram que as tecnologias avançadas tornaram-se facilitadores estratégicos importantes, embora mais de um terço deles não considere suas empresas tecnologicamente maduras para usá-las.

“Emergindo da interrupção sem precedentes de 2020, as expectativas para os Chief Strategy Officers aumentaram ainda mais, à medida que se tornaram agentes de mudança e administradores da transformação organizacional”, disse Bernardo Silva, Diretor Administrativo da Deloitte Consulting LLP, e membro da equipe de liderança de transformação de crescimento estratégico, Monitor Deloitte - prática estratégica da Deloitte Consulting LLP.

Segundo a pesquisa, 58% dos CSOs relataram desempenhar um papel grande ou muito grande na administração dos esforços de transformação digital de suas empresas. Paralelamente, 90% dos executivos pesquisados ​​ concordaram ou concordaram fortemente que as tecnologias avançadas tornaram-se facilitadores estratégicos importantes. Ainda assim, apenas 34% dos executivos de estratégia relataram que sua empresa está madura ou muito madura no aproveitamento de tecnologias e recursos avançados, como inteligência artificial (IA), data analytics, machine learning e automação inteligente.

Os executivos de estratégia reconhecem que a tecnologia está reformulando fundamentalmente a dinâmica do mercado e criando novas possibilidades estratégicas para seus negócios, e os CSOs pesquisados desejam desempenhar um papel maior nessa arquitetura, orquestrando a estratégia de tecnologia avançada de suas empresas, segundo o relatório. Além disso, 63% dos CSOs concordaram que as tecnologias avançadas remodelarão seu papel e as capacidades necessárias para ter sucesso como executivo de estratégia.

CIO2503

E-book por:

No entanto, poucos líderes sentem que sua organização está preparada para trabalhar com essas tecnologias. “Abordar essa lacuna pode ser um diferencial competitivo crítico para executivos de estratégia e suas organizações”, disse Sarit Markovich, Professor Clínico de Estratégia e Presidente Associado do Departamento de Estratégia da Kellogg School of Management da Northwestern University.

O segundo estudo anual patrocinado pela Monitor Deloitte, "Chief Strategy Officer Survey", realizado pela Deloitte e a Kellogg School of Management, entrevistou mais de 250 CSOs e executivos de estratégia sênior de empresas de grande e médio porte em uma ampla variedade de setores na América do Norte, Ásia-Pacífico, EMEA e América Latina.

O papel do Chief Strategy Officer em evolução

Em organizações ao redor do mundo, uma nova geração de grupos de estratégia está surgindo, com 37% dos entrevistados observando que suas funções de estratégia foram fundadas nos últimos cinco anos. Apesar disso, as equipes de estratégia permanecem desproporcionalmente enxutas em operações e escala, com um a cinco funcionários por equipe (48%), na média global. Mesmo com equipes pequenas, 78% dos CSOs estão confiantes em sua capacidade de causar impacto em sua organização. Além disso, o CSO continua sendo o principal executivo estratégico em empresas com funções estratégicas desenvolvidas, com 75% dos entrevistados se reportando diretamente ao CEO.

À medida que as empresas adotam cada vez mais o propósito corporativo e a responsabilidade social, os executivos de estratégia também passam a se preocupar com o impacto gerado pelas organizações na sociedade. A pesquisa descobriu que 67% dos CSOs disseram que "abraçar o propósito corporativo e a responsabilidade social" é uma prioridade principal para a sua empresa, enquanto 48% dos CSOs afirmaram que o envolvimento da função de estratégia nesta área é elevado ou muito elevado.

“O CSO e o CEO estão em uma posição única para equilibrar as compensações e encontrar a interseção de propósito e lucro com a maior oportunidade de retornos desproporcionais em ambos”, disse Tom Schoenwaelder, Diretor da Deloitte Consulting LLP e Líder do Monitor Deloitte.

Chief Strategy Officer em um mundo pós-Covid-19

A pandemia de Covid-19 mudou as demandas do papel dos CSOs no ano passado, ampliando suas contribuições para a solução de problemas de curto prazo nas operações, na força de trabalho e no controle de custos. Um total de 60% dos líderes entrevistados relataram tornar seus ciclos de planejamento estratégico mais dinâmicos desde o início da Covid-19, com outros 50% começando a usar o planejamento de cenário para se preparar para o desconhecido. Como resultado, os executivos de estratégia estão impulsionando um crescimento descomunal da receita e da lucratividade de suas empresas diante da volatilidade dos negócios e da incerteza econômica, diz o estudo.

Para navegar no futuro com confiança, os pesquisadores recomendam que as organizações façam as escolhas certas: claras, oportunas e inspiradoras que proporcionem crescimento em um mundo dinâmico e turbulento.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15