Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
7 dicas para estar preparado para uma promoção
Home > Carreira

7 dicas para estar preparado para uma promoção

Além de desenvolver conjuntos de habilidades, líderes devem aprender a apresentar seus sucessos e tornar conhecidas suas aspirações

Christina Wood

06/11/2020 às 18h13

Foto: Adobe Stock

Ser promovido a uma posição de alto nível em TI é um jogo longo. Mas não é algo que se ganha por ser pacientemente excelente e esperar que as pessoas percebam. Como qualquer empreendimento que requer a participação de colegas ocupados, isso exigirá preparação, persuasão e um plano.

Mas antes de puxar o mapa organizacional e elaborar uma campanha, certifique-se de que deseja isso. Claro, você quer o salário, o cargo e o respeito. E talvez você tenha certeza de que seria um excelente gerente. "Mas qual é o próximo papel, e as pressões que vêm com ele, realmente é o que você quer?”, pergunta John Appleby, CEO da Avantra.

“Conforme você sobe, sua rede aumenta e suas responsabilidades também. Mas algumas coisas diminuem”, concorda Theresa Cantwell, Diretora de RH e Gestão de Engajamento da Digiterre. “Eu descobri que à medida que as pessoas crescem, elas passam a sentir falta da tecnologia. Eles não têm mais tempo para isso”.

Em uma função de liderança, você gastará seu tempo em milhões de outros assuntos. E você terá que sair da sua zona de conforto. “Se você decidir que quer isso, saiba que haverá conflito e tensão”, alerta Cantwell.

CIO2503

E-book por:

Ainda interessado? Continue lendo para descobrir como se posicionar melhor para subir a escada da sua carreira.

1. Moldar-se ao caminho

É tentador invadir o escritório do seu chefe e deixar escapar sua frustração sobre o seu caminho travado e o desejo por mais dinheiro. E seria ótimo se bastasse. Mas isso não é um plano. Na verdade, é você que terá que mudar. Não é seu chefe.

“Você tem que pensar sobre isso em termos de necessidade organizacional”, diz Ellen Thorne, Vice-Presidente Global de RH da CloudBees. O que sua empresa precisa em níveis superiores? Como você se torna a pessoa que preenche essas necessidades? “Se você pretende passar para uma posição de nível sênior de TI, descubra quais habilidades e experiências você não tem”, acrescenta ela. Em seguida, elabore um plano para obter essas habilidades. “Dessa forma, você não apenas tem o potencial e a aspiração, mas também a experiência”.

Talvez você não tenha experiência com planejamento estratégico, orçamento, produtos legados ou o que quer que seja relevante. “Identifique as áreas onde você precisa construir músculos”, diz Thorne. Esse é o seu mapa. Agora, em vez de exigir uma promoção de seu chefe, traga esse mapa para uma conversa em que você pede ajuda para adquirir esses blocos de construção. “Seja direto sobre isso”, diz ela. “Peça apoio para participar de conversas ou projetos que irão ajudá-lo a construir esses músculos”.

“As pessoas que gerenciam sua própria carreira vão até o chefe e dizem: ‘Quero ser capaz de entender essa disciplina. Pense em mim se houver uma oportunidade'”, diz Katie Shannon, parceira global, Consultora das Práticas de Digital e Tecnologias da empresa de busca de executivos Heidrick & Struggles.

2. Documente a sua viagem

Dizer a seu chefe que você deseja ser considerado para oportunidades será muito melhor se você estiver preparado para defender sua posição. Não assuma que todos vão se lembrar de como você se entregou em cada projeto enorme e difícil que já recebeu.

“Os gerentes gerenciam várias pessoas ao longo dos anos”, explica Debora Roland, Vice-Presidente de Recursos Humanos da CareerArc. “Eles não vão se lembrar das grandes coisas que você fez. Você precisa se apresentar como faria para uma entrevista de emprego e relembrar as conquistas que teve no ano passado e por que vai contribuir ainda mais para o negócio no próximo nível”.

Você precisa aparecer com um PowerPoint? Essa não é uma ideia terrível. Mas pelo menos “mantenha um registro de seus sucessos e das coisas que deram certo”, diz Cantwell. “Para que, quando você tiver aquela reunião focada em sua promoção, possa lembrar às pessoas o que você conquistou”.

A maneira como você apresenta esses sucessos também é uma parte importante de sua estratégia de persuasão. Porque, ao contar sua própria história, você demonstra que pode contar uma história.

“Contar histórias é uma habilidade importante”, diz Shannon. “Você pode ter desempenhado um papel em que os dados mudaram o jogo para seu parceiro de negócios. Pode ter sido um dos projetos mais difíceis em que você já trabalhou”. Mas o quão difícil foi não é o que é relevante para esta história. “Fale sobre os dados e o impacto nos negócios”, diz ela. “Apontar o que isso fez pelo negócio”.

Seu propósito aqui é duplo. Você está defendendo sua própria promoção enquanto demonstra que pode apresentar um argumento convincente para algo que é importante para você - e para a empresa. “Se você vai sentar na frente de um conselho, se vai sentar com uma equipe de liderança e se reportar a um CEO, e também trazer seus parceiros de negócios e atrair talentos, você tem que ser capaz de contar uma ótima história”, diz Shannon.

3. Demonstre empatia

Onde quer que você esteja em sua carreira, sugere Jessica Saranich, Gerente de Operações da monday.com, mostre empatia. Se você está assumindo isso, porque seu trabalho é técnico, as pessoas não serão capazes de entender o que você faz, mude isso. “Esses estereótipos precisam cair”, diz ela. “Quando você chegar a algo técnico que não sabe como explicar, resolva. Aprimore suas habilidades na linguagem. Pratique ter conversas sobre coisas técnicas com pessoas que não são técnicas”.

Explicar como uma ferramenta de analytics funciona, o que há de errado com um laptop ou como configurar um roteador para alguém não técnico não é muito diferente de detalhar os requisitos técnicos complexos de um pacote de segurança para alguém não técnico que está no conselho ou controla o orçamento da sua empresa. “Você precisará convencer as pessoas de suas ideias e da necessidade de seus projetos, bem como das necessidades da organização”, diz Saranich. “Você terá muito mais facilidade se puder se comunicar rapidamente com algum tipo de paixão. Essas habilidades são raras e muito poderosas”.

4. Levante a mão

Não imagine que as pessoas ao seu redor são leitores de mentes ou que seu chefe, informado de seus objetivos, assumirá a partir daqui. Se houver uma oportunidade, ou alguém ouvindo que possa saber de uma oportunidade, levante a mão.

“Conheci pessoas que estavam em um plano de sucessão, mas na verdade nunca levantaram a mão”, diz Shannon. “Eles nunca deixaram claro que queriam o trabalho. Eles nunca falaram sobre isso”.

É importante não apenas pensar sobre seus objetivos estrategicamente, mas também falar sobre esses objetivos. “Deixe seus objetivos claros para o gerente de contratação, para o RH ou estabelecendo um relacionamento com um consultor de busca de executivos”, diz Shannon.

Você pode precisar fazer mais do que jogar seu chapéu nas coisas, no entanto. Você provavelmente precisará fazer alguma campanha, trabalhar a rede da sua empresa e fazer com que todos saibam que você aspira a uma posição superior. “Descubra seu processo de vendas”, diz Appleby. “Quem é o tomador de decisões, quem são os influenciadores, e trabalhe para convencê-los de que você pode desempenhar esse papel”.

5. Aprenda a liderar

Subir um degrau significa liderar uma equipe. E, em TI, essa equipe provavelmente será técnica. Você não precisa ser a pessoa mais técnica da sala para fazer isso. Mas você precisa demonstrar às pessoas que contratam funções de liderança e às equipes que você vai liderar que pode liderar uma equipe de tecnólogos.

“Quando uma empresa vai ao mercado em busca de um CIO, CTO ou CDO para seu futuro, ela está procurando por alguém que tenha a respeitabilidade para enfrentar o conselho”, diz Shannon.

Falar a verdade, porém, é apenas um aspecto da liderança. Ter uma equipe para liderar no futuro é a maior parte.

“Os tecnólogos podem vê-lo como um líder?”, pergunta Appleby. “Isso requer um tipo específico de empatia. Passe algum tempo com alguns dos mais experientes tecnólogos, especialmente aqueles que lideram equipes de infraestrutura e equipes de segurança. Você pode ter empatia com as necessidades deles?”

Se empatia e liderança não são algo para o qual você nasceu, considere essas habilidades entre os blocos de construção ou músculos que você precisa desenvolver junto com o planejamento estratégico e arquitetura.

“Liderança é um comportamento aprendido”, diz Appleby. E há muitas maneiras de aprender - de tudo, desde obter um MBA, levantar a mão para programas de treinamento interno e assistir a um curso on-line. “A chave é autoconsciência”, diz ele. “É a primeira habilidade de liderança que deve ser aprendida. Qualquer pessoa que diga ‘eu quero me tornar mais autoconsciente’ deu o primeiro passo”.

6. Consiga um mentor

Você não tem que descobrir tudo isso sozinho. Na verdade, você não deveria. Obtenha um treinador, mentor ou padrinho. Na verdade, por que se limitar a um?

“Cerque-se de pessoas que podem ajudar a equipá-lo com as peças do quebra-cabeça, de modo que, ao apresentar seu próprio caminho de desenvolvimento profissional, você se sinta informado o suficiente para levar o objetivo adiante”, diz Thorne.

Identifique uma pessoa ou pessoas que podem ajudá-lo a ir de onde você está para onde deseja estar. “Escolha alguém que você admire e que tenha os atributos que você acha que vai precisar na função que você não tem”, diz Appleby. Não precisa ser seu chefe ou alguém que você identificou como os influenciadores e tomadores de decisão em sua empresa.

“Nem precisa ser alguém da sua área”, diz Shannon. “Embora eu ache que alguém que entenda sua função seria uma ótima opção”.

Olhe dentro de sua organização, em seus parceiros de negócios, por meio de sua rede ou em associações profissionais. Ou então pergunte. E continue perguntando até que alguém diga sim.

“Mas não espere que eles comandem o show”, diz Shannon. “Peça isso. Então gerencie isso. Pode ser tão simples quanto uma ligação de 10 minutos todas as sextas-feiras. Não precisa ser grandioso. Se você tornar isso algo muito grande, provavelmente nunca acontecerá”.

E mantenha a conversa focada na estratégia de carreira.

“Um treinador não é seu terapeuta”, diz Cantwell. “Eles estão lá para olhar para o seu futuro e fornecer as ferramentas para descobrir objetivamente onde você quer ir”.

Depois de ter um mentor ou treinador, comece a procurar um padrinho.

7. Procure um padrinho

Um mentor ajuda você a entender como chegar ao seu cargo futuro. “O padrinho é alguém do seu lado”, diz Thorne. É alguém que pode ter acesso a mais reuniões e oportunidades do que você e que sabe quais são as suas aspirações e está disposto a citar o seu nome quando surgir algo apropriado.

Por exemplo, Shannon recentemente colocou uma posição de CIO para um cliente. Durante a integração, um executivo disse ao novo CIO que ele seria seu padrinho. “‘O que isso significa’, ele explicou, ‘é que vou ajudá-lo a evitar as minas terrestres. Também vou falar sobre você e garantir que as pessoas saibam quando você está fazendo algo bem'”, diz Shannon.

Mas quando você chegar ao topo, lembre-se de todas as pessoas que o ajudaram a chegar lá. E olhe para trás. Há alguém que você possa ajudar? Se você está sendo solicitado para ser um mentor, treinador ou padrinho, você não apenas administrou sua própria carreira, mas também aprendeu a liderar.

Tags
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15