Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Brasileiros estão mais preocupados com segurança e privacidade de dados
Home > Tendências

Brasileiros estão mais preocupados com segurança e privacidade de dados

Segundo estudo da Unisys, 75% dos brasileiros entrevistados temem invasões cibernéticas ou vírus

Redação

29/06/2020 às 18h03

Foto: Shutterstock

Se os ataques a VPNs tiveram um salto de 400% durante a pandemia, segundo levantamento da Unisys, a preocupação dos brasileiros com a cibersegurança também cresceu. O estudo "Unisys Security Index de 2020" (USI 2020) concluiu que, aproximadamente, 75% dos brasileiros entrevistados temem invasões cibernéticas.

O estudo sobre preocupações com segurança do consumidor é baseado em pesquisas nacionais de amostras representativas de um total de 15.699 residentes adultos, de 18 a 64 anos de idade, em 15 países, e revela que o Brasil é o país com o maior crescimento em preocupações relacionadas a assuntos de segurança no mundo.

Além do Brasil, foram entrevistados consumidores da Austrália, Bélgica, Chile, Colômbia, França, Alemanha, Índia, México, Holanda, Nova Zelândia, Filipinas, Singapura, Reino Unido e Estados Unidos.

O aumento das preocupações com segurança digital no Brasil ocorreu juntamente com a deflagração da pandemia da Covid-19, já que a pesquisa foi realizada entre 16 de março e 5 de abril de 2020, quando a pandemia era predominante em todos os países analisados.

CIO2503

E-book por:

A principal preocupação dos brasileiros foi a segurança financeira; seguido da preocupação com a segurança pessoal; com a segurança na internet; e, por último, com a segurança nacional, impulsionada pela preocupação com desastres e epidemias.

“O Unisys Security Index de 2020 mostra que a sensação de insegurança está aumentando no Brasil dentro das quatro áreas de análise da pesquisa. O Brasil registrou o maior aumento de preocupação ano a ano do que qualquer outro país e percebemos que muitos ainda têm uma falsa sensação de segurança de dados enquanto trabalham em casa”, salienta Mauricio Cataneo, Presidente da Unisys Brasil.

A preocupação com a internet se configura, sobretudo, em relação à privacidade dos dados. Apenas 29% afirmam estar extremamente ou muito confiantes de que organizações públicas e privadas que mantêm dados pessoais na nuvem estejam tomando as medidas necessárias para proteger os dados contra ameaças cibernéticas.

Privacidade x negócios

A maioria (85%) dos entrevistados diz que deixaria de fazer negócios com uma instituição financeira se ela tratasse mal suas informações. Não é de surpreender que mais de dois terços (71%) se sintam nervosos ao compartilhar suas informações financeiras com empresas que não sejam seus bancos, embora a metade diga que ficaria feliz em compartilhar seus dados se isso resultar em serviços que os beneficiem.

“Notadamente, fraudes bancárias, roubo de dados pessoais e invasões cibernéticas são as grandes preocupações nacionais, fazendo da proteção de informações um assunto que deve ser priorizado por governos, empresas e consumidores brasileiros. Em meio a desafios econômicos impostos pela crise da pandemia, os brasileiros estão cada vez mais preocupados com sua capacidade de atender obrigações financeiras e preocupados com fraudes”, diz Cataneo.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15