Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Tudo por assinatura: tendência ganha força também no mercado corporativo
Home  >  Tendências

Brandpost por Logo Dell Saiba mais Brandposts são artigos escritos e editados pela nossa comunidade de anunciantes e patrocinadores. Os Brandposts oferecem a oportunidade para um patrocinador apresentar ideias e comentários com seu ponto de vista diretamente para nossa audiência. A equipe editorial não participa da elaboração ou edição dos Brandposts.

PATROCINADA

Tudo por assinatura: tendência ganha força também no mercado corporativo

Demanda por flexibilidade chama atenção das empresas para atender às necessidades de um público mais exigente e pelos benefícios ao negócio

Por Diego Puerta, Líder da Dell Technologies Brasil

20/07/2021 às 15h48

Foto: Dell

Não existe uma receita mágica que responda pelo sucesso de uma empresa, mas quando uma estratégia passa a fazer parte de tantos negócios que estão dando certo, pelo menos alguns ingredientes poderosos ela deve ter. Alguns exemplos são o modelo de streaming - como o das gigantes Netflix e Disney+ -, a expansão da Amazon, ou até mesmo negócios de nicho como assinaturas de vinho, cosméticos e alimentação, entre vários outros que adotaram o modelo por assinatura ou por demanda.

De acordo com a consultoria McKinsey, o mercado de comércio eletrônico por assinatura tem crescido mais de 100% ao ano nos Estados Unidos. Isso mostra uma mudança comportamental, onde a posse dá lugar ao pagamento pelo uso, garantindo possibilidades diferentes de gestão de recursos, que pode incluir de redução de custos à agilidade para que os consumidores se adaptem a novas necessidades de maneira instantânea. Mas vale dizer que não é de hoje que vemos uma utilização do modelo de consumo como serviço. A tecnologia facilitou muito o acesso. No nosso dia a dia já estamos acostumados com músicas, vídeos, transportes e softwares, que se tornaram, majoritariamente, dominados pelo modelo de assinatura. Os consumidores ficaram mais atentos e viram os benefícios desse modelo.

Agora, é a vez das empresas incorporarem essas mudanças. Neste contexto, a área de TI tem se utilizado desses novos modelos como forma de simplificar e agilizar as jornadas de transformação digital. A contratação de Infraestrutura como Serviço (IaaS) permite delegar a especialistas a gestão de toda ou parte da área de tecnologia, liberando as equipes internas para focar no negócio e em decisões estratégicas.

A tendência é tão forte que a International Data Corporation (IDC) estima que, em 2024, quase metade da necessidade de processamento de data center será contratado no modelo de serviço. As novas tecnologias que estão vindo, especialmente 5G e Edge Computing (computação de borda), vão acelerar ainda mais esta tendência no mundo corporativo, e a previsão é surjam novas modalidades de serviços.

Na Dell Technologies, lançamos recentemente a plataforma APEX. Com ela, as empresas podem contratar soluções de TI como serviço, permitindo assim dimensionar a infraestrutura necessária para diferentes situações do negócio, com custos adequados e flexibilidade de uso para os clientes. O Dell Technologies APEX é um portfólio de produtos para Infraestrutura como Serviço (IaaS) que simplifica as jornadas de transformação digital, aumentando agilidade e autonomia das equipes de TI. Isso é fundamental no cenário de volume crescente de dados em um mundo distribuído e híbrido.

Entre as soluções da plataforma, está o APEX Custom Solutions, já disponível para o mercado brasileiro com o mais amplo portfólio de tecnologia como serviço. Isso inclui o APEX Flex on Demand, que oferece soluções de pagamento por uso de servidores, armazenamento externo, proteção de dados e de hiperconvergência, e o APEX Data Center Utility, que inclui um nível adicional de flexibilidade por meio de medição personalizada e serviços gerenciados aplicados no data center.

Essa demanda crescente por flexibilidade chamou a atenção das empresas não apenas para atender às necessidades de um público cada vez mais exigente, mas também pelos benefícios para o negócio. Para que o modelo tenha sucesso, deve vir acompanhado de uma mudança no modelo operacional, alterando a dinâmica e o fluxo de trabalho para que as decisões ganhem agilidade e reflitam as necessidades de transformação constantes e crescimento dos negócios.

O modelo as a service tem dois grandes benefícios. O primeiro é a adequação dos investimentos à demanda - evitando custos desnecessários em períodos de baixa, e permitindo uma adequação rápida quando há maior necessidade de processamento ou armazenamento, por exemplo. O segundo é que também traz previsibilidade e, depois de alguns meses, as empresas conseguem entender a frequência e adequar o que faz mais sentido para o planejamento do negócio.

Para abordar este tema, a Dell Technologies irá promover no dia 27 de julho (terça-feira), às 10h, o evento “Economia On Demand: da disrupção do consumo ao modelo de negócio”, sobre as mudanças no consumo para os modelos as a service, os impactos e as oportunidades para as empresas. O painel será online e ao vivo e contará com abertura de Tiago Mattos, Futurista, Palestrante e Autor; e participação de Silvio Mendonça, Diretor Global de TI, CTO da Atento e Fábio Gordon, Gerente Sênior de Datacenter da Dell Technologies. A discussão terá moderação da jornalista Patrícia Travassos.

 Inscreva-se gratuitamente aqui.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15