Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
BI, BA e o modelo Self Service: receitas para atravessar o cenário conturbado
Home > Notícias

BI, BA e o modelo Self Service: receitas para atravessar o cenário conturbado

Possibilidades de uso dessas ferramentas serão muito importantes dentro de um mundo pós-pandemia

Por Douglas Scheibler*

23/04/2020 às 14h00

Foto: Shutterstock

O
mercado de BI deverá vivenciar expansão média anual de12% no mercado
mundial, em termos de adoção de ferramentas pelas empresas, segundo
estudo da Research & Market. Já uma pesquisa da IDC aponta que o mercado de Business Intelligence e Business Analytics
deverá movimentar em torno de US$ 203 bilhões até o final deste ano –
embora este valor ainda possa ser revisto, dado o momento de crise
gerado pela pandemia do Coronavírus. 

Apesar
do período conturbado vivido atualmente, o certo é que o mercado de
dados e análise de informações não voltará atrás. Muito antes, pelo
contrário: para quem quiser safar-se da crise, investir em inteligência
de negócios é ainda mais importante em momentos como este. 

Assim, o movimento de ascensão das tecnologias ligadas a dados e à cultura data driven
deve seguir. Ferramentas poderosas para a criação de ambientes de
análise que norteiam as decisões de negócio, as tecnologias de BI e BA
são fundamentais para munir de informações e recursos gestores das mais
diversas áreas de uma empresa – do comercial ao financeiro, do
atendimento ao controle de materiais, do Faturamento a gestão de
cobranças, entre outras. 

Isto
porque softwares desta área permitem entregar, a partir de dados
analisados desde a origem, tabelas e gráficos capazes de nortear a
tomada de decisões, beneficiando tanto gestores no momento de designar
tarefas e estabelecer processos quanto equipes no ato de verificar
informações, cumprir metas, prazos e KPIs, analisar históricos e dados
correntes, e realizar trabalhos acerca de dados de forma colaborativa,
interativa e integrada.  

CIO2503

E-book por:

Data Mining e visibilidade 

Fundamental lembrar que tais funções são atribuídas não a todas as tecnologias de BI e Analytics, mas somente àquelas alinhadas à tendência prevista pelo Gartner de “Advanced Analytics”,
ou seja, que trazem a inteligência de negócios para a camada da
mineração de dados (data mining) e Big Data, turbinando os métodos
tradicionais de BI para possibilitar a visão de insights futuros.  

Em outras palavras, trata-se de uma tecnologia capaz de faciltiar
a detecção de gargalos, o apontamento de prováveis falhas em processos a
tempo de corrigi-las sem danos à operação, melhorar a visibilidade do
negócio para projeção de cenários de potenciais fechamentos de clientes e
recomendações de cross-sell, entre várias outras possibilidades. 

Gestão com profundidade analítica 

Técnicas
e ferramentas sofisticadas, que atuam sobre os dados da empresa para
gerar insights aprofundados na operação e na estratégia, fazendo
previsões, gerando recomendações e possibilitando a gestão com o poder
da previsão: esta é a entrega do BI Advanced e do Advanced Analytics, cujo crescimento vertiginoso é agora objeto de pesquisa do Gartner

Soluções
avançadas de BI podem ajudar as empresas a descobrir insights e padrões
em dados históricos que seriam impossíveis ao BI tradicional. Com isso,
facilitam a previsão de características do próprio negócio, do mercado,
da concorrência e do perfil/comportamento do cliente, permitindo
melhorar as estratégias de Marketing, Vendas e demais.   

 E dentro do universo do BI avançado, o self service
BI surge como um conceito ainda mais moderno, permitindo às empresas
adequarem o que há de melhor em tecnologia de inteligência de dados à
exata demanda de cada momento de seu negócio. 

 Este modelo de BI garante o poder de ter informações, realizar consultas e análises e gerar reports
personalizados a qualquer tempo, a partir de qualquer lugar, agregando
inteligência à gestão de todos os setores da empresa em formato de
autoatendimento, ou seja: o usuário ganha autonomia e agilidade, sem
perder de vista a segurança e a governança garantidas pir
políticas de controle de qualidade de dados, controle de acesso,
recursos de privacidade, monitoramento e capacidade de gestão de todos
estes itens.  

O mercado de BI vai crescer mais e mais nos próximos anos, isso é fato. Conforme o Gartner, novos fornecedores inovadores e estabelecidos vão direcionar a próxima onda de disrupção
deste segmento, e soluções surgirão com ainda mais recursos de detecção
e enriquecimento de dados, aprendizado de máquinas e a automação do
fluxo de trabalho. 

As
organizações precisam estar preparadas para este cenário de
inteligência crescente. Equipar-se com soluções capazes de acompanhar
estas tendências, mantendo as empresas em linha com o que há de mais
avançado em BI e Analytics é crucial para manter-se competitivo. 

Cada
vez mais, o BI será um aliado forte da automação dos negócios, poupando
tempo e ganhando força, integração e poder de decisão e execução para
as corporações dos mais diversos portes e setores.  

*Douglas Scheibler, CEO da BIMachine 

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15