Home > Gestão

BB chega em 2008 com 75% de seu parque de máquinas convertido para software livre

A instituição financeira já economizou cerca de 60 milhões de reais com a decisão e pretende economizar mais 30 milhões de reais até 2010

Redação do COMPUTERWORLD

31/01/2008 às 18h37

Foto:

O Banco do Brasil (BB) finalizou o ano de 2007 com 50 mil estações de trabalho de sua rede de agências utilizando o sistema operacional GNU/Linux, o que representa 75% de seu parque tecnológico.

O banco informou que ainda conta com 90 mil máquinas que operam com o software BROffice, que é um substituto em código aberto para o Microsoft Office.

A troca de softwares proprietários por software livres no BB começou em 2003. Segundo comunicado distribuído à imprensa, a empresa já economizou cerca de 60 milhões de reais e pretende economizar mais 30 milhões de reais com a decisão até 2010. 7/2/07

De acordo com a nota, além da redução de gastos com a aquisição de licenças, "o uso de software livre oferece ganhos como independência de fornecedores e mais segurança e estabilidade para os ambientes da Empresa", afirma o BB.

No ano passado, o orçamento da instituição financeira para a área de tecnologia da informação (TI) foi de 1,5 bilhão de reais, dos quais 507 milhões serão usados em recursos de rede, terminais de auto-atendimento e estações de trabalho.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail