Home > Gestão

Bancos e Seguradoras não estão protegendo dados dos clientes, diz órgão regulador do Reino Unido

Segundo regulador do mercado financeiro, dados pessoais de clientes são transferidos em CDs e cartuchos de mainframe sem encriptação

Computerworld (UK)

24/04/2008 às 15h55

Foto:

Bancos e seguradoras do Reino Unido não estão protegendo adequadamente as informações pessoais de seus clientes, segundo o Financial Services Authority (FSA), regulador do mercado financeiro do país.

De acordo com o órgão, ainda existem casos de empresas transportando dados não protegidos em CDs ou em cartuchos de mainframes, em alguns casos até mesmo por correspondências não registradas.

Caso os bancos e seguradoras continuem a usar dados sem encriptação em laptops, medidas legais terão de ser tomadas, de acordo com o FSA. As conclusões fazem parte de um relatório, produzido pelo regulador, sobre os sistemas e controles presentes em bancos, seguradoras e consultores financeiros.

O FSA vem procurando brechas na segurança de dados das empresas.

Em dezembro do ano passado, o órgão multou a Norwich Union Life, uma das maiores seguradoras do Reino Unido, em 2,52 milhões de dólares por não proteger adequadamente seus clientes contra roubos de identidades.

No ano passado, o órgão disse ter investigado 56 casos de perda de dados em empresas do segmento financeiro, o que corresponde a cerca de um terço de todos os crimes financeiros registrados em 2007.

Metade das 39 companhias que foram analisadas no relatório se refere a pequenas empresas. Junto com empresas de médio porte, esse segmento apresentou os piores níveis de proteção, segundo o FSA. Roubo de dados sofisticados feitos por hackers não fizeram parte do estudo.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail