Home > Notícias

A VMware conseguirá se tornar líder em segurança cibernética?

Aquisição recente da Carbon Black dá à companhia uma sólida fundação de segurança

Jon Oltsik, CSO (EUA)

27/08/2019 às 17h20

Foto: Shutterstock

Quando se pensa em VMware e segurança cibernética, dois produtos sempre se destacaram. O NSX, que evoluiu para uma ferramenta de microssegmentação comum para o tráfego leste/oeste no ESXi, e o AppDefense, que monitora aplicativos e determina o comportamento "normal" e detecta anomalias.

Agora, a VMware tem outros recursos, mas poucos profissionais de segurança cibernética os conhecem. Por quê? Porque apesar de sua forte tecnologia, a companhia nunca se estabeleceu como um fornecedor de segurança cibernética. Muitos vendedores da VMware têm uma compreensão superficial das capacidades de segurança da empresa, enquanto os parceiros costumam reclamar que a companhia não é capaz de impulsionar ações de vendas global.

Em sua defesa, a VMWare reconheceu que, para a sua futura liderança em nuvem híbrida, era necessária uma presença de segurança maior, não podendo alcançar a meta de forma isolada. Por essa razão, na semana passada a empresa adquiriu a Carbon Black, o que pode ajudar a VMware a lidar com suas deficiências históricas de segurança cibernética.

Para os especialistas, a Carbon Black dá à VMware o potencial de se tornar líder em segurança cibernética das seguintes formas:

Fornecer um pacote de segurança para o Workspace One. A “plataforma de espaço de trabalho com unidade de inteligência” da VMware oferecia recursos de segurança para gerenciamento de identidades e acesso, mas carecia de salvaguardas de segurança nativas de dispositivos. Munida com a Carbon Black, a VMware pode fornecer um espaço de trabalho seguro e integrado - semelhante ao que a Microsoft faz com o ATP.

Trazer a VMware para o crescente mercado de detecção e resposta a ameaças. De acordo com nossa pesquisa no ESG, 76% das organizações acreditam que a detecção e a resposta a ameaças são mais difíceis hoje do que há dois anos por conta do aumento de ataques sofisticados / direcionados. Para lidar com o desafio, 89% das organizações planejam aumentar os investimento na área. A detecção e resposta a ameaças dependem de cinco tecnologias: EDR, NTA, sandbox, inteligência de ameaças e análise de segurança. Com a Carbon Black, sua recente aquisição da Veriflow e seu produto vRealize, a VMware cobre agora toda a detecção de ameaças.

Complementar sua estratégia de nuvem híbrida com segurança. Em sua missão de aperfeiçoar a infraestrutura de nuvem híbrida, a VMware adquiriu recentemente a Intrinsic, uma empresa focada em garantir cargas de trabalho sem servidor. Apesar da Carbon Black atualmente não oferecer suporte à segurança da carga de trabalho na nuvem, esses recursos devem se tornar parte da oferta no início de 2020. Quando esse desenvolvimento for concluído, a VMware oferecerá aos clientes controles de segurança para endpoints e servidores físicos, endpoints e servidores virtuais e cloud computing.

Além dos recursos técnicos, a Carbon Black tem uma força de vendas global em segurança e uma forte execução de programas de parceiros. Esses recursos melhoram ainda mais os pontos fracos da VMware.

Outras aquisições que ajudariam a VMware

A VMWare pode reforçar ainda mais sua postura de segurança com algumas aquisições adicionais em:

Análise de tráfego de rede (NTA). A pesquisa do ESG indica que 43% das organizações consideram o NTA a "primeira linha de defesa" para detecção e resposta a ameaças. Em vez de criar recursos de segurança no vRealize, talvez a VMware deva adquirir um especialista em segurança pura, como o Corelight, o DarkTrace ou o Vectra Networks.

Análise de segurança e operações. Essa seria uma grande jogada para a VMware, mas certamente seria uma decisão ousada. Poderia o Exabeam, o Jask ou o SumoLogic estarem entre as opções?

Independentemente das mudanças futuras, a VMware deu um grande passo para se tornar líder em segurança cibernética, agitando o setor. Estaremos observando e relatando mais progressos e desenvolvimentos.

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail