Home > Carreira

9 atitudes que vão ajudá-lo a evoluir na carreira

Elas nos ajudam a estar preparados para os saltos na profissão

Da Redação

12/01/2019 às 8h54

Foto: Shutterstock

Está há muito tempo na mesma empresa? Então possivelmente você já viveu ou se deparou com essa situação: profissionais se queixando da falta de resultados depois de muitos anos atuando na mesma função. Como mudar essa realidade?

O professor Luciano Salamacha, do MBA da Fundação Getúlio Vargas, recorre à analogia para responder, comparando a trajetória da carreira a um copo d’água.

No período de estágio, por exemplo, o copo está vazio, o líquido que será utilizado para enchê-lo será o mérito alcançado em cada atividade. “O profissional fez algo bom e alguém reconheceu, o copo começa a encher. O tempo passa, o estagiário é promovido... o copo enche. A nova função corresponde a um novo copo, que vai enchendo segundo o desempenho, com um nível mais elevado de cobranças”, diz. E assim, sucessivamente. Cada promoção é um novo ciclo, um novo copo para encher. E, a partir das promoções, as responsabilidades e exigências de performance vão aumentando.

O que antes era motivo de elogios como a coordenação de um trabalho em equipe, agora é uma questão de responsabilidade inerente ao cargo. É nesse momento que muitos profissionais, de maneira inconsciente, tentam voltar ao desempenho que antes enchia o copo mais rápido no estágio anterior. Ou seja, deixam de se comportar como gestores para voltar a executar as tarefas que rendiam alta performance antes. Entretanto, os copos não são os mesmos.

Salamacha é enfático: não adianta a carreira evoluir se a mentalidade do profissional não acompanhar a evolução.  É preciso estar preparado para os saltos na profissão. Profissionais inseguros no desempenho das novas funções tendem a correr em busca de um porto seguro que, neste caso, seria tentar voltar a atuar da mesmo forma quando recebia reconhecimento. Em qualquer carreira isso é um erro fatal.

O professor listou nove atitudes que todo profissional deve adotar durante sua jornada profissional.

1 - Cuidado com a autocrítica
Quando se conquista um novo cargo não se tem obrigação de saber tudo sobre aquela função logo no primeiro dia. Diminua sua exigência a respeito da qualidade de sua performance no início.

2 - Seja aprendiz em qualquer cargo
Toda vez que chegamos em uma nova função temos que nos colocar na posição daquele que ainda tem o que aprender, aquele que ainda não sabe de tudo. Todo mundo precisa de tempo para aprender uma nova função, seja ela qual for.

3 - Conquiste autoridade
Quando uma pessoa é promovida pode ganhar poder, mas não necessariamente autoridade. A autoridade é quando as pessoas reconhecem em você o conhecimento da área, alguém que deve ser seguido, ouvido, ponderado e considerado. Autoridade se conquista na equipe com mais compartilhamento.

4 - Entenda que você não é mais o mesmo
Ao ser promovido foi excluído de um bando e passa a participar de outro. Não é mais igual aos outros do antigo grupo. Entenda o que o novo bando espera de você.

5 - Seja humilde
Entenda porquê pessoas na mesma posição que você está agora agem da forma que agem. Veja com o olhar do outro que já esteve na mesma posição que você. Aprenda recalibrar o olhar para a nova função.

6 - Entenda o que a empresa espera de você e da sua nova função
Não fique no automático É tudo novo, novos desafios, corra atrás.

7 - Sinta-se seguro para fazer o follow up
Promoção exige acompanhamento. É como um jogo de videogame, a cada fase a dificuldade aumenta, o número de pontos é conquistado mais devagar.

8 - Não volte casas
Quando a pessoa vai percebendo que não performa como antes, ela tenta resgatar a forma que evoluiu na empresa. Mas nem a pessoa, nem o cargo, nem a empresa são os mesmos. A mente tem que evoluir.

9 - Não abandone seu cargo de gestor para retomar a operação, a menos que seja crucial
Você já fez isso e agora o papel é outro. Entenda-o e o assuma.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail