Home > Gestão

7 sinais de que a mudança disruptiva chegou

A intensidade de cada um deles definirá se a empresa está mais propícia a se tornar obsoleta ou não

Vitor Fernandes *

30/01/2019 às 7h41

Foto: Shutterstock

As empresas estão sempre preocupadas com novos concorrentes, por isso é preciso agir rapidamente. Apesar da incerteza sobre o futuro, existem vários modos para tentar antever a chegada de uma mudança. Estes 7 sinais que indicam a mudança disruptiva foram mapeados no livro "Dual Transformation" e servirá de base para este artigo

O que é uma mudança disruptiva?
Ocorre quando uma empresa decide atuar em um não mercado, transformando não consumidores em consumidores. Normalmente iniciada em um mercado menos lucrativo e pouco atraente para os incumbentes. A empresa passa a oferecer um serviço normalmente mais barato e mais simples, porém que atende com precisão a necessidade do cliente.

Alertas
Os 7 sinais são divididos em 3 estágios de risco. Entretanto a intensidade de cada sinal também definirá se a empresa está mais propícia a se tornar obsoleta ou não. Por isso, mesmo um indicador do estágio um pode indicar alto risco quando estiver ocorrendo de forma intensa.

Estágio 1 – Circunstâncias
1- Mudança na lealdade do consumidor por conta do excesso de funções
As empresas normalmente começam testando vários negócios e produtos e no momento em que descobrem um mercado elas vão se especializando cada vez mais. Com o tempo as melhorias do produto acabam superando as necessidades do consumidor. Os clientes acabam aceitando o produto, porém não estão dispostos a pagar a mais pelas novas funcionalidades.

O controle remoto da sua televisão costuma ser um bom exemplo, apesar de possuir diversas funções interessantes a maioria dos consumidores não estão dispostos a pagar a mais por elas.

2- Investimentos de venture capital
Startups surgem a todo momento e a maioria delas irão falir, porém se avaliarmos os setores e modelos de negócios em que os investidores estão investindo será possível ter um indicador de onde virá a próxima inovação. A dica é monitorar os negócios que possuem um crescimento muito acelerado. Avalie quais outros negócios estão surgindo no mesmo mercado, não olhe apenas para uma empresa.

É importante avaliar qual o volume de investimento que está ocorrendo em cada setor. Avalie primeiro qual o montante médio para que uma empresa do setor possa se estabelecer. Existem negócios de capital intensivo, já outros precisam de pouco dinheiro para se estabelecerem. A atenção deve-se voltar quando há uma desproporção elevada, isso quer dizer, quando há muito mais capital do que o necessário para aquele tipo de negócio.

Estágio 2 – Catalizador
3- Mudança de política
A regulamentação ou desregulamentação de um mercado exigirá adaptações por parte dos incumbentes, portanto haverá espaço para novos modelos de negócios.

Uma dica, a Europa costuma sair na frente quando as regras se referem a grandes mudanças. Este é o caso das novas regras de uso de dados que impactarão diretamente grandes negócios como o Google, Facebook e vários outros. Regulamentações ambientais também costumam interferir, porém fique de olho em todo tipo de mudança de regras que possa afetar o seu mercado direta ou indiretamente.

4- Estabelecimento de novos entrantes
O surgimento de muita concorrência é um indicador de que a barreira de entrada está muito baixa. Normalmente isso acaba drenando a margem de lucro de todas as empresas, aumentado consideravelmente o risco de se manter na operação. Normalmente a alta padronização de um produto ou serviço costuma levar a esse efeito.

5- Mudança de hábito dos consumidores
Hábitos costumam durar por muito tempo, porém eles começam a mudar gradativamente quando as pessoas começam a acrescentar ou retirar atividades da sua rotina. O que você está fazendo hoje que é diferente do que fazia ontem? Basta olhar para os pequenos detalhes que vão mudando ao longo do tempo. A soma dessas pequenas mudanças levará a um novo hábito o que provavelmente o levará a consumir novos serviços ou produtos.

Estágio 3 – Impacto
6- Inovação no modelo de negócio
O modelo de negócio desempenha um papel fundamental nas empresas, pois é por meio dele que a empresa define como irá cobrar por seus produtos e serviços. O surgimento de novos modelos de negócios em mercados já estabelecidos afeta diretamente a concorrência, que pode não estar estruturada para lidar com a mudança. O meio de pagamento também pode influenciar no modelo de negócios. Por exemplo, o pagamento eletrônico permitiu o surgimento das micro transações que acabaram sendo incorporadas em muitos negócios, desde jogos eletrônicos até rede sociais.

7- Redução da margem de ganho
Os principais fatores que afetam diretamente a margem de ganho são a redução do preço ou aumento do custo. É importante identificar a causa primária, pois será o principal indicador de onde surgirá a disrupção. Muitas vezes o crescimento da empresa diminui e as margens de ganho, porém nem sempre é dada a devida atenção quando isso ocorre. Por isso é tão importante entender as causas desse movimento.

 

(*) Vitor Fernandes é Management Director da Liria Technology e colunista do IT Fórum 365

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail