Home > Tendências

5 TED Talks inspiradores sobre o futuro disruptivo

Contemplar os efeitos da disrupção tornou-se uma experiência angustiante para muitos gestores. Chegou a hora de pensar diferente

Da Redação

16/01/2019 às 11h55

Foto: Shutterstock

Há histórias que nos ensinam mais do que muitas salas de aula. Esses cinco Ted Talks, derrubam muitos mitos sobre o futuro disruptivo. Eles partem do princípio de que é preciso abraçar uma nova lógica.

Cada palestra tem, em média, 18 minutos.  Bom proveito.

1 - Três mitos sobre o futuro do trabalho
"As máquinas substituirão os seres humanos?" Esta questão está na mente de qualquer pessoa com um trabalho a perder. Daniel Susskind confronta esse e outros  equívocos sobre nosso futuro automatizado, sugerindo que façamos outra pergunta: Como distribuiremos riqueza em um mundo  onde haverá menos - ou mesmo nenhum - trabalho?

2 - Somos todos ciborgues?
A tecnologia está nos evoluindo, diz Amber Case, à medida que nos tornamos uma nova versão do homo sapiens, que aparece na tela e clica nos botões. Agora confiamos em "cérebros externos" (telefones celulares e computadores) para comunicar, lembrar, até mesmo viver vidas secundárias. Mas essas máquinas acabarão por nos conectar ou conquistar? Case oferece uma visão surpreendente de nosso eu ciborgue.

3 - Robôs são um mal necessário?
"E se as fronteiras entre humanidade, tecnologia e natureza estiverem apenas em nossa mente, deixando-nos mal equipados para navegar em nosso futuro incerto?"  Em seu TED Talk, David Mcgoran explora a interseção entre a humanidade e a robótica e argumenta por que precisamos mudar a maneira como engenheiros, artistas e cientistas trabalham. Seus experimentos estão mudando atitudes culturais dos campos de engenharia e arte, criando novas possibilidades que irão abalar as fundações dessas disciplinas. Ele apresenta Rusty Squid ( http://rustysquid.com), um conjunto pioneiro de artistas, engenheiros, designers e cientistas com sede em Bristol, no Reino Unido, que estão sequestrando a tecnologia robótica como uma forma de expressão humana e intervenção cultural.

"Muito mais importante do que a construção industrial é a chance de participar desse momento que define a civilização na história. Acabamos de arranhar a superfície desse trabalho, mas é claro que, se quisermos inspirar uma mudança fundamental em nossa identidade cultural, devemos primeiro começar a nos integrar. Estamos entrando em uma paisagem desconhecida ... onde as fronteiras entre a humanidade, a natureza e a tecnologia estão começando a se confundir. Estamos redesenhando novos mapas e construindo uma nova bússola para ajudar a navegar neste mundo inquietante e em rápida evolução”.

4 - CRISPR é assustador?
Devemos trazer de volta o mamute lanoso? Ou editar um embrião humano? Ou acabar com uma espécie inteira que consideramos prejudicial? A tecnologia de edição de genoma CRISPR tornou questões extraordinárias como estas legítimas - mas como funciona? A cientista e defensora do laboratório comunitário, Ellen Jorgensen, tem a missão de explicar os mitos e as realidades de CRISPR, livres de publicidade, aos não-cientistas entre nós.

5 - A confiança acabou?
A confiança é a base de tudo o que fazemos. Mas o que fazer quando ela é perdida? Em uma palestra reveladora, a professora da Escola de Negócios de Harvard, Frances Frei, dá um curso intensivo de confiança: como construí-la, mantê-la e reconstruí-la - algo em que ela trabalhou durante um período recente na Uber. "Se podemos aprender a confiar mais uns nos outros, podemos ter um progresso humano sem precedentes", diz Frei.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail