Home > Gestão

13 dicas para treinar futuros líderes de TI

A capacidade de identificar e treinar gerentes de TI é um fator-chave para a manutenção de equipes de TI produtivas. Veja o que procurar e como aprimorar talentos de liderança

Paul Heltzel, CIO/EUA

06/11/2018 às 17h33

lideranca_773930668.jpg
Foto:

Os gerentes de TI recém-formados enfrentam um desafio assustador: eles precisam de um profundo conhecimento técnico para supervisionar uma equipe de tecnologia - juntamente com uma combinação de habilidades sociais específicas que os ajudem a motivar seus antigos colegas.

Com isso em mente, como identificar na equipe de TI aqueles já prontos para dar o salto para os primeiros cargos gerenciais? E para o que seus gerentes devem estar preparados, em termos de treiná-los para liderar e fornecer o que precisam para ter sucesso?

Confira 13 dicas de profissionais de TI que prepararam funcionários para cargos de liderança, com sucesso, e têm algumas ideias sobre como lidar com os programas de sucessão. Eles explicam como analisar com sucesso as características mais importantes dos profissionais de tecnologia prontos para dar o próximo passo.

1 - Identifique candidatos cedo
O planejamento antecipado pode ajudá-lo a criar um plano de sucessão, identificando candidatos internos antes da necessidade, diz Giancarlo Di Vece, presidente da Unosquare.

"Você deve ter uma ideia clara dos requisitos do trabalho e começar a identificar o pessoal com aptidão e conhecimento técnico para crescer profissionalmente", diz Di Vece. “Mentoring e treinamento preparam o candidato ou - em alguns casos - revelam pontos fracos que excluem uma posição de gerência. A vantagem de uma contratação interna é que você pode ver líderes em potencial em ação todos os dias. Os mesmos candidatos têm uma noção da cultura da empresa e das necessidades dos clientes e reduzem o tempo de integração que a maioria das novas contratações exige ”.

2 - Considere oportunidades de mentoring
Di Vece fez um salto de fé promovendo um ex-estagiário, e ele considera uma de suas melhores contratações.

"Quando ele começou, ele expressou apreço pelo conceito de nossa empresa e nossa cultura", diz Di Vece. “Eu o orientei durante o estágio, e ele nos ajudou a desenvolver planos para treinar líderes e gerenciar membros adicionais da equipe. Foi surpreendentemente gratificante ter a energia e a visão de alguém sem experiência prévia. Ele foi capaz de construir sua experiência dentro da empresa e criou valor em seu papel que beneficiou nossa empresa no processo. ”

3 - Procure aqueles com visão de equipe
Ao avaliar possíveis funcionários para uma promoção, considere como a pessoa lida com seus próprios negócios antes de permitir que eles gerenciem outras pessoas, aconselha Evan Callender, diretor da prática de serviços de desempenho da West Monroe Partners.

"Eles cumprem seus compromissos?", Diz Callender. “Se não, eles não estão prontos. Em segundo lugar, é importante considerar se eles poderão delegar tarefas dentro da equipe. Os gerentes naturais tornam-se líderes ao entender a visão mais ampla do que o grupo pode realizar, e não apenas o que eles podem fazer. ”

4 - Procure por mentores
Rajiv Kohli, professor de administração da William & Mary e editor sênior da Information Systems Research, recomenda promover pensadores que estejam dispostos a ser mentores.

"O aspecto mais importante do treinamento foi delegar e parar com o desejo de fazer sozinho", diz Kohli. “Isso é difícil, porque eles conhecem bem a tarefa e podem fazê-lo mais rápido do que a nova pessoa. Mas ao fazer isso eles mesmos, eles não estão assumindo o papel do gerente. E eles estão impedindo outros de praticar a habilidade ”.

5 - Estabeleça um plano de treinamento em gerenciamento
Callender avisa que os novos gerentes precisarão desenvolver novas habilidades que não tinham em suas funções anteriores. Leva tempo para que a maioria das pessoas aprenda a se relacionar com sua equipe, mas você pode simplificar o processo com algum planejamento.

“É crucial que a nova gerência inicie seu treinamento com feedback e conversação”, diz ele. “A maioria dos gerentes iniciantes  acaba gerenciando um grupo que antes era de seus pares. Fornecer feedback efetivo e ter conversas abertas e livres são elementos-chave para seu sucesso. Experiência em comunicação é outro ponto essencial de gerenciamento que a maioria das pessoas não tem”.

6 - Garanta que o conhecimento técnico dos candidatos seja respeitado
 Os conflitos entre a equipe e os gerentes são previsíveis - na TI mais do que em outros setores - se o novo gerente não tiver o conhecimento técnico para realizar o trabalho e simplificar os processos.   

“Não há nada pior do que quando a equipe de TI que está sendo gerenciada sente que o gerente não entende o que faz ou como o faz”, diz Ryan Mackie, diretor e diretor de prática da Schellman and Co. “O novo gerente precisa identificar o que trabalhar e o que não, e é fundamental para a equipe ter confiança de que o novo gerente entende suas habilidades e processos”.

E, como seus relatórios, um novo gerente precisa ter a capacidade de acompanhar o cenário tecnológico em constante mudança.

“O treinamento é frequentemente necessário para ajudá-los a definir um trabalho valioso, criar um feedback forte para gerenciar a qualidade e se comunicar com os clientes e as partes interessadas”, afirma Philip Black, COO da Emergn. “Eles precisam ajudar suas equipes a encontrar maneiras de visualizar seu trabalho, o plano e os usuários que eles atendem. Passar de um colaborador individual para alguém que ajuda os outros a ter sucesso requer que o futuro gerente seja capaz de projetar e implementar estruturas que a equipe possa comprar. ”

lideranca

7 - Procure pelo auto-motivado
David Patterson, um recrutador da Sanford Rose Associates, argumenta que os melhores candidatos a gerenciamento têm uma forte autoestima e, naturalmente, se motivam a atuar em alto nível.

“Procure alguém que tenha uma ampla gama de interesses”, diz ele, “uma pessoa que esteja continuamente aprendendo novas habilidades, sempre se esforçando e enxergando seu crescimento como um produto não apenas de seus esforços, mas também dos esforços de outros. Quando aconselho meus clientes sobre como identificar estrelas em ascensão, eu lhes digo para procurar uma coisa: um forte senso de auto-realização. Tornar-se um líder no espaço tecnológico significa que você precisa entender a tecnologia, mas também entender os funcionários e sua psicologia, negócios e como ela impulsiona a TI, os clientes e o que motiva seu comportamento, tudo isso aprendendo a etiqueta corporativa, como falar em público e outras habilidades díspares. ”

8 - Procure pelos multitarefa
Mackie salienta que, além de serem auto-motivados, os líderes de TI devem ser capazes de lidar com vários projetos de uma só vez.

“Se uma pessoa pode ter certeza de que realizará o trabalho, e sua medida de sucesso é muitas vezes ela mesma, essa pessoa se desafia mais frequentemente a concluir as tarefas de gerenciamento necessárias - e encontrar maneiras produtivas de melhorar ao longo do caminho, diz Mackie. “Essas são características de alguém que pode ser multitarefa. Normalmente, a maior mudança para um novo gerente é que ele deixa de responsável ​​por apenas um projeto ou tarefa. Passa a ter várias atividades para supervisionar. Saber o que requer mais tempo ou esforço ou algo que precise de mais atenção pode apoiar melhor um gerente de sucesso, mas também aumenta a equipe geral. ”

9 - Enfatize a confiança
Mackie promoveu dois gerentes da equipe de TI em sua empresa e ambos trabalharam porque ele sabia que os candidatos estavam comprometidos - e ele confiava neles.

"Sei que esses dois gerentes compraram a forma como queremos ter sucesso como uma empresa", diz ele. “Confio em suas decisões e em seu comprometimento com nossa equipe, e devo estar aberto a suas ideias e opiniões sobre como trabalhamos em equipe. No final do dia, sou um membro da equipe também", comenta.           

10 - Encontre alguém que possa construir pontes
Kohli lembra um diretor de TI que foi contratado para vice-presidente e de como ele beneficiou a equipe de TI e os membros da diretoria.

"Ele trouxe credibilidade às decisões sobre investimentos em TI por causa de sua experiência", diz Kohli. “Os profissionais de TI se beneficiaram porque ele trouxe uma verdade nua e crua sobre o que os gerentes de negócios estavam pensando sobre o desempenho da TI. O aspecto mais importante de seu novo papel foi que ele poderia alavancar as relações entre a TI e as áreas de negócio para resolver suspeitas mútuas e construir confiança ”.

11 - Promova a capacidade de atrair os melhores talentos
Os novos gerentes são frequentemente julgados pela forma como identificam, recrutam e retêm funcionários, diz Patterson. "Se você olhar para qualquer líder forte nos negócios, o único denominador comum que todos possuem é a sua capacidade de atrair profissionais talentosos para suas equipes", diz ele. “Criar uma equipe completa e de alto desempenho é uma das características da boa liderança, e eles devem entender que o gerenciamento de uma equipe é, de certo modo, uma espécie de administração. É sua responsabilidade garantir que sua equipe seja colocada na melhor posição possível para ter sucesso, e isso significa ter as pessoas certas a bordo. Mesmo que os gerentes de TI de nível básico não estejam necessariamente em uma posição de contratação ainda, desenvolver essa capacidade logo no início ainda deve ser a prioridade número um deles. ”

Kohli recomenda que o membro recém-promovido da equipe ofereça uma biblioteca de livros sobre treinamento gerencial “para que eles possam ter uma noção do que é a verdadeira liderança servidora. Em seguida, trabalhe com eles em tópicos de treinamento de gerenciamento mais específicos, mais apropriados ao seu setor ”, diz Patterson. “Mas nunca se esqueça de que o treinamento deve incluir como identificar talentos, como contratar talentos e como ampliar o talento.”

13- Dê tempo aos escolhidos
Desenvolver uma mentalidade de gestão não acontecerá da noite para o dia, e a gerência sênior deve estar preparada para ajudar na transição, diz Di Vece.

“[O novo gerente] passa de colega ou confidente para uma figura de autoridade”, diz ele. "Os novos gerentes também devem ganhar novas responsabilidades interfuncionais e começar a pensar de forma mais estratégica no que eles podem ter feito no passado."

Os novos gerentes geralmente têm as habilidades necessárias para ter sucesso, diz Mackie, mas você precisa ter certeza de que eles estão garantidos, garantindo que eles tenham acesso aos recursos e ferramentas de que precisam. 

“Na maioria das vezes, alguém que acabou de ser promovido está em uma área ou campo em que essa pessoa está trabalhando atualmente”, ele diz. “As discussões que tive com gerentes promovidos recentemente não foram sobre tarefas, mas sim mais sobre gestão de pessoas. É um ajuste, e garantir que eles possam lidar com isso - e fornecer orientação e treinamento suficientes a esse respeito - permite que a transição seja mais suave e, na maioria das vezes, mais curta ”.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail