Home > Gestão

10 habilidades que vão ajudar você a enriquecer sua carreira

Mesmo para aqueles que já chegaram a altos cargos de liderança, há habilidades a serem cultivadas que prometem melhorar gestão da equipe e organização

Da Redação

07/09/2019 às 13h56

Foto: Shutterstock

Há certas habilidades profissionais que são conquistadas com larga experiência no mercado corporativo. Afinal, a confiança no seu próprio trabalho é mais uma consequência de uma série de conquistas do que algo a ser aprendido externamente. Mas, mesmo para aqueles que chegaram em altas posições nas corporações, é importante ter no radar que há competências que ajudarão a torná-lo um líder mais assertivo e empático.

É senso comum de que líderes que inspiram confiança se tornam não só bons exemplos a serem seguidos, como também estimulam equipes a serem mais produtivas. A consultoria Robert Half listou 10 habilidades e competências que sempre serão úteis na carreira, sejam para aqueles que estão começando, sejam para aqueles que atingiram cargos sêniores. Confira abaixo.

1. Ter empatia

Sem empatia não adianta muita coisa ser disciplinado e brilhante. A empatia – capacidade de se identificar com outra pessoa, tendendo a compreender o que ela pensa e a sentir o que ela sente – é uma habilidade humana fundamental de extrema importância no ambiente corporativo, pois ajuda a vender mais e oferecer ótimas experiências aos clientes. Além disso, ajuda a manter as equipes motivadas e dispostas a irem mais longe, não necessariamente por dinheiro.

2. Gerenciar bem o tempo

Saber gerenciar o tempo de forma eficaz é uma das habilidades mais valorizadas pelos empregadores. Não existe uma só fórmula que funcione para todos. Cada um precisa encontrar seu próprio jeito e segui-lo.

3. Dormir bem

Diversos estudos enumeram os benefícios de uma noite bem dormida. A chave para alcançar isso está, muitas vezes, em ser consistente com a rotina da hora de dormir. É uma estratégia que facilita pegar no sono e dormir bem a noite toda. Pessoas descansadas costumam pensar melhor, ser mais produtivas e tomar decisões mais acertadas.

4. Pedir ajuda

Saber que você precisa de ajuda e, além disso, pedir – de fato – ajuda a alguém poder ser mais difícil do que parece. Muita gente encara isso como uma fraqueza ou sinal de incompetência. Mas não é. Ao contrário, é uma grande virtude que pode ajudar sensivelmente na produtividade e a evitar erros e prejuízos.

5. Ser consistente

Seja para começar uma nova rotina de exercício, para estudar para uma prova ou trabalhar em um importante projeto, a consistência é vital para alcançar o sucesso. Nem depois que se chega ao topo é possível deixar a consistência de lado. Para manter um cargo executivo é preciso trabalhar duro e ser consistente no desempenho.

6. Saber quando ficar quieto

Você não deveria sair por aí falando sobre tudo que não lhe parece certo ou bem feito. Tem vezes que ficar quieto é a melhor opção. Isso é particularmente verdadeiro quando se está com raiva, chateado ou agitado. Expressar-se nessas condições pode gerar arrependimento depois. Por isso, quando estiver nervoso, fique calado. Essa é uma habilidade valiosíssima - e muito difícil de ser conquistada.

7. Saber ouvir

Esta habilidade está relacionada com a anterior – mas vai além. Com tantas coisas para fazer e e-mails para responder, é comum pensarmos em atividades pendentes quando estamos conversando com alguém. Só que isso não é produtivo. Uma dica é: quando estiver conversando com alguém fique repetindo mentalmente porque é importante prestar atenção naquela pessoa.

8. Resistir às fofocas

Confiança é algo extremamente difícil de se construir e fofoquinhas pelos corredores do escritório podem detoná-la em poucos instantes. Só que nem sempre é fácil não se envolver nas fofocas, porque às vezes elas aparecem no meio de conversas relevantes e vêm a partir de pessoas com as quais você precisa se relacionar no ambiente de trabalho. Se isso acontecer, e no meio de um assunto importante surgir uma fofoca, interrompa e diga algo como: “desculpe interromper, mas eu não preciso saber disso. Podemos falar de outra coisa?”

9. Estar presente

Digamos que é algo extremamente difícil de se fazer hoje em dia. Estamos presentes fisicamente, mas os pensamentos vão longe. Pesquisas mostram que em 47% do tempo as pessoas pensam em outra coisa, diferente do que elas estão fazendo naquele momento. Só que isso causa ansiedade, infelicidade e atrapalha a performance. Concentre-se!

10. Falar em público

Apresentar-se na frente de outras pessoas pode ser algo extremamente desafiador para algumas pessoas, só que não dá para fugir disso no mercado corporativo. Uma saída é praticar, talvez primeiro na frente de grupos pequenos e formados por amigos e conhecidos. A confiança virá aos poucos.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail