Recursos/White Papers

Tecnologia

WWDC 2018: vantagens da plataforma da Apple crescem

O foco no software expande significativamente o que as soluções existentes já podem fazer e amplia as oportunidades para desenvolvedores

Jonny Evans, Computerworld/EUA

Publicada em 05 de junho de 2018 às 10h37

Os fãs da Apple podem ter ficado desapontados com a falta de novos hardware  na WWDC 2018, mas o foco da Apple no software expande significativamente o que as soluções existentes já podem fazer e amplia as oportunidades para desenvolvedores no próximo ano.

Para entender isso, pense em alguns dos itens significativos mencionados durante a palestra de abertura da conferência. Não só a maioria deles funciona em várias plataformas da Apple, como também revelam muito sobre como a empresa enxerga o futuro .  

1 - Grupo de discussão FaceTime

Com suporte para até 32 participantes, o FaceTime parece muito mais atraente como uma solução de colaboração. Afinal, as conversas são criptografadas e seguras. A Apple está claramente se movendo em direção ao suporte de AR dentro do serviço (o que você acha que o Animoji é, realmente?). Isso significa que o FaceTime tem um futuro muito poderoso. Será interessante ver se desenvolvedores como o Slack ou o Trello terão a chance de integrar seus produtos para trabalhar com o Group FaceTime, já que isso pode fazer da Apple um parceiro em um setor atualmente dominado por outros - tudo o que faltava era multi-plataforma ou suporte multi-plataforma baseado em vários aplicativos. Agora o FaceTime oferece uma alternativa confiável para o Skype, da Microsoft e o Google Hangouts, no cenário corporativo.

2 - Pense em CreateML e Core ML 2

Não há desenvolvedores suficientes no planeta para fornecer todos os recursos de Inteligência Artificial que as empresas precisam e que as empresas de produtos eletrônicos/software de consumo prometem. É por isso que a Apple está se esforçando tanto para impulsionar o Swift, e é também por isso que introduziu o CreateML, que permitirá aos desenvolvedores treinar novos modelos de IA muito mais rapidamente do que antes.

O Core ML2 também ganhou melhorias significativas: é agora 30% mais rápido no processamento no dispositivo e cria modelos de IA  75%  menores em tamanho de arquivo. Isso é útil, pois significa que as empresas podem desenvolver modelos de IA para seus negócios sem sobrecarregar grandes quantidades de recursos de TI e espaço no dispositivo do usuário final.

A Apple está trabalhando em estreita colaboração com muitas das empresas de software  de Big Data a Analytics, mostrando que está interessada em descobrir como fabricar suas plataformas, não apenas para soluções de Inteligência Artificial, mas também para garantir que eles sejam os principais produtos para a criação de soluções de Machine Intelligence. O entendimento da Apple sobre isso também foi evidenciado quando a empresa observou que as GPUs externas, quando usadas com um MacBook, podem acelerar significativamente o processo de desenvolvimento de tais soluções.

TIMcook

3 - Hora de falar sobre o ARKit 2

ARKit não é um jogo. A Apple pode estar usando jogos como uma forma de mostrar o que a ARKit é capaz de fazer, mas a introdução de experiências de RA peer-to-peer, juntamente com a capacidade de outras pessoas assistirem essas experiências, abre novas oportunidades. As consequências na colaboração, no trabalho de projeto e no potencial de usar RA em treinamento, educação, suporte técnico, saúde e aplicações militares significam que os desenvolvedores dos setores em que a Apple nunca teve presença tradicional agora têm uma boa razão para desenvolver primeiro um Mac para implantação em toda a empresa cada vez mais iOS.

A Apple também revelou o aplicativo Measure para iOS, que usa RA para avaliar rapidamente o tamanho de objetos do mundo real - pense em como isso poderia ser usado no futuro para criar objetos dinâmicos em experiências de Realidade Aumentada interativas. Tudo o que você precisaria para habilitar esses arquivos seria algum tipo de formato de arquivo aberto para ajudar a definir e personalizar esses objetos.

Em colaboração com a Pixar, a Apple apresenta um novo formato de arquivo aberto chamado USDZ, que é otimizado para compartilhar objetos de Realidade Aumentada em qualquer lugar do iOS, incluindo Mensagens, Safari, Mail, Arquivos e notícias.

ARKit2

4 - E a Siri?

A Apple não se lançou em Machine Intelligence com alegria evangelística. O foco na privacidade mostra que está consciente de como as informações digitais criadas por máquinas inteligentes podem ser exploradas (olá, Cambridge Analytica) e a decepção da empresa com o tratamento dessas informações pelo Facebook ficou bem claro quando revelou planos para tornar muito mais difícil para empresas de captura de dados explorar dados do navegador no Safari. Em vez de procurar conveniência acima do senso comum e político, a Apple está tentando descobrir como tornar a IA útil na vida das pessoas.

Confiança é a moeda, e a Apple entende isso. É por isso que, em vez de competir para reivindicar recursos que as pessoas não usam, a empresa mantém seu progresso no sentido de aumentar o que podemos fazer usando Machine Intelligence no dispositivo. A Siri agora pode descobrir o que você faz e fazer recomendações que se ajustem às suas ações e hábitos normais.

O recém-anunciado watchface, para o Apple Watch, é um excelente exemplo disso, assim como os poderosos recursos de análise e descoberta de imagens que a empresa introduziu dentro do Photos. Como, também, é o novo aplicativo de atalhos.

5 - OK, vamos falar de Shortcuts

Shortcuts é a implementação do Workflow da Apple. Ele permite que os usuários criem atalhos para realizar tarefas, combinando diferentes ações em vários aplicativos para alcançar resultados. Os atalhos são fornecidos com uma grande biblioteca de ações populares, e os desenvolvedores habilitarão seus aplicativos com suas próprias ações para os usuários no futuro, usando o novo código fornecido pela Apple.

A integração do Shortcuts com o Siri e o suporte no hardware da Apple é o elemento poderoso para isso. Isso significa que você poderá iniciar os Shortcuts usando o HomePod, o Apple Watch e suas outras soluções de hardware. Esta é a resposta da Apple ao Alexa Skills.

“Os Shortcuts têm o potencial de nivelar o campo de atuação com a Amazon, que anteriormente tinha uma enorme liderança em habilidades Alexa desenvolvidas por terceiros para produtos Amazon Echo. Se os desenvolvedores adicionarem atalhos da Siri aos seus aplicativos iOS existentes, a quantidade e a qualidade dos aplicativos habilitados por voz para o ecossistema da Apple - incluindo iPhone, CarPlay, Apple Watch e HomePod - aumentarão bastante. Na sala de estar, o HomePod poderia ser muito mais parecido com o Echo em termos de utilidade”, disse o fundador e CXO da ArcTouch, Adam Fingerman.

6 - A Student ID e por que ela é importante

Isso não mereceu muita atenção, mas a Apple está desenvolvendo uma solução que permite que os alunos apresentem seu Apple Watch como suas credenciais de identificação. A importância desse desenvolvimento vai além do mercado de Educação. Mostra a Apple não só está trabalhando para substituir tudo o que mantemos nas nossas carteiras, não apenas com um iPhone, mas também com um Apple Watch. Agora você pode usar o Apple Watch para fazer chamadas, pagar por itens, obter rotas, embarcar em um avião e muito mais. A Apple eventualmente substituirá passaportes? Eu acho que sim.

7 - Saúde digital

Há um argumento emergente de que a Apple está sendo hipócrita com suas novas ferramentas de saúde digital no iOS 12. Elas permitem que os usuários (e seus filhos) examinem como usam seus dispositivos e quanto tempo gastam em aplicativos. O argumento parece ser que, ao mesmo tempo em que tenta capacitar as pessoas para controlar seu vício em tecnologia, a Apple também está trabalhando para tornar sua tecnologia mais viciante. É um argumento bobo.

O que essas ferramentas farão é capacitar os clientes da Apple a descobrir como gastar seu tempo de forma mais produtiva, expondo aplicativos viciantes que na verdade não oferecem muitas vantagens. As empresas devem analisar profundamente isso, é claro - a Transformação Digital exige que os usuários se envolvam no uso de soluções corporativas, mas essas soluções devem ser fáceis de usar.



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui