Recursos/White Papers

Tecnologia

Inteligência Artificial será um dos temas mais quentes da Google I/O

Espere ouvir muito sobre a estratégia do Google pra Machine e Deep Learning esta semana

Da Redação, com IDG News service

Publicada em 16 de maio de 2017 às 16h58

Curioso para saber o que que o Google preparou para os desenvolvedores presentes à conferência Google I/O, que começa nesta quarta-feira, 17 de Maio?  Entre os temas mais quentes estarão, com certeza Machine Learning e Deep Learning. 

Na edição de um ano atrás, o CEO Sundar Pichai disse que a companhia estava passando de um mundo mobile-first para um mundo AI-first, e deveria mergulhar mais fundo nessa estratégia.

"As empresas devem esperar ouvir mais sobre como a IA afetará seu caminho de desenvolvimento tecnológico no Google I / O este ano, já que a gigante das buscas é um dos provedores líderes no desenvolvimento e implantação de tecnologias de IA", disse Brian Blau, analista do Gartner. "A IA ajudará a transformar aspectos das operações corporativas e torná-las mais inteligentes com capacidades que imitam traços humanos".

Blau também disse que gerentes de TI e executivos de negócios devem esperar saber mais sobre como o Google está usando a Inteligência Artificial com aplicativos de clientes como o Google Assistant ou com ferramentas de desenvolvimento que executam tarefas como decodificação de fotos e vídeo.

A Google também deverá anunciar mais detalhes sobre o Android O, a próxima versão do seu sistema operacional móvel e sobre o Chrome OS. Pode também ter mais notícias sobre seus serviços para a nuvem e a Internet de Coisas para a empresa, embora a maioria do buzz parece ser sobre IA.

Os serviços e produtos de Inteligência Artificial podem acelerar ou automatizar o processo de tomada de decisões em grandes empresas. A tecnologia poderia ser usada no setor de transporte, para operar caminhões de entrega autônoma ou drones, ou em medicina, para ajudar os médicos a diagnosticar as doenças dos pacientes com mais rapidez e precisão.

"Eu esperaria ver o Google seguindo o movimento recente da Microsoft com APIs de IA personalizáveis ​​para uso em aplicativos", afirma Patrick Moorhead, analista da Moor Insights & Strategy. "Acho que devemos esperar que o Google explique como separa os dados de IA do consumidor dos dados de IA das empresas. Atravessar os fluxos pode ser um problema de privacidade e segurança."

Certamente serão abordados também avanços na plataforma TensorFlow ML .

googleiologo

Mais novidades para desenvolvedores
Também na I/O 2017 os desenvolvedores irão obter insights sobre  Android Studio , o  Firebase e  os Android Instant Apps. Os desenvolvedores e usuários aprenderão mais sobre o próximo sistema operacional Android O, as alterações na Google Play Store e, provavelmente, o conceito de web apps progressivos da Google/Mozilla.

Recursos novos e atualizados no  Android O  incluem suporte a multi-exibição, APIs OpenJDK 8, novas APIs de segurança, avanços para sua plataforma Android Auto e bibliotecas Android de baixo nível como android.os e android.icu. 

No Google Play, o Google mostrará aos desenvolvedores como melhorar o desempenho do aplicativo para Android.

Para ferramentas de desenvolvimento, o Google  explicará a biblioteca Polymer e sua relação com a tecnologia de desenvolvimento Web Components.

Outras sessões cobrirão a versão do  Android para Internet das Coisas e a API de solicitação de pagamento do Google, que pretende facilitar o comércio on-line ao eliminar os formulários de pagamento.

A abertura será às 14h dessa quarta-feira, 17/5, e será transmitida ao vivo pelo site do evento: https://events.google.com/io/embed/?live=



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui