Recursos/White Papers

Tecnologia

McKinsey aponta os assuntos mais quentes de 2016

Segundo a consultoria, eles servem como inspiração para 2017

Da Redação

Publicada em 03 de janeiro de 2017 às 07h10

Automação, Big Data, globalização digital. Os temas dos dez artigos da McKinsey & Company sobre tecnologia mais lidos em 2016 deixam claro: a digitalização de processos não é apenas fonte de risco, mas de oportunidades. E as empresas já se valem da tecnologia para repensar seus modelos de negócio. Os textos servem como fonte de inspiração para 2017.
 
O artigo campeão de acessos trata justamente de estratégia digital - e de como ela permite às empresas se antecipar a ameaças e oportunidades. O Airbnb, por exemplo, não construiu um imóvel sequer: simplesmente trouxe quartos “ociosos” para o mercado. Nesse processo, descobriu que havia uma demanda do consumidor – que, como se constatou, sempre existira – por uma variedade maior de opções de acomodação, de preços e de duração da estadia.
 
Até mesmo a automação pode se mostrar mais do que algo que coloca os empregos em risco. Com a tecnologia disponível hoje, 45% das atividades realizadas por humanos podem ser realizadas de máquinas. Mas, como mostra estudo da McKinsey, os robôs eliminarão pouquíssimas atividades ao longo da próxima década. Isso por que aliar o trabalho dos robôs àqueles em que a ação humana é imprescindível. Provoca um aumento considerável de produtividade. O potencial de transformação é grande em setores como o de saúde e finanças, que têm como parte substancial o conhecimento humano.
 
Esse mesmo conhecimento deve ser o foco das empresas quando se trata de Big Data. Ao longo dos últimos anos, boa parte das organizações investiu na coleta e armazenamento de dados, mas ainda sem o resultado esperado. Como mostra pesquisa da McKinsey & Company, as empresas precisam investir substancialmente nos talentos para análise de dados de modo a garantir o retorno do investimento.
 
Em comum, as empresas que já surfam na onda da tecnologia têm o compromisso de seus líderes na busca por resultados: é preciso que os gerentes elaborem planos com base nas oportunidades que o mundo digital apresenta para as companhias.
Mais do que investir em tecnologia, é preciso fazê-la trabalhar a seu favor.
 
Confira aqui os artigos campeões de audiência (em inglês):

1. The economic essentials of digital strategy -  A supply-and-demand guide to digital disruption.

2. Where machines could replace humans—and where they can’t (yet) - The technical potential for automation differs dramatically across sectors and activities.

mcroboia

trabalho

3. An incumbent’s guide to digital disruption Incumbents needn’t be victims of disruption if they recognize the crucial thresholds in their life cycle, and act in time.

4. Making data analytics work for you—instead of the other way around - Does your data have a purpose? If not, you’re spinning your wheels. Here’s how to discover one and then translate it into action.

5. Digital globalization: The new era of global flows -  Soaring flows of data and information now generate more economic value than the global goods trade.

6. The need to lead in data and analytics - In a new survey, executives say senior-leader involvement and the right organizational structure are critical factors in how successful a company’s analytics efforts are, even more important than its technical capabilities or tools.

7. The surprising truth about which countries lead in digital - While European and US companies are at different stages of their digital maturity across sectors, they can each take specific steps to increase digital market share. Here’s how it’s done.

8. Leading in the digital age - The automation of work and the digital disruption of business models place a premium on leaders who can create a vision of change and frame it positively.

9. How companies are using big data and analytics -  Just how do major organizations use data and analytics to inform strategic and operational decisions? Senior leaders provide insight into the challenges and opportunities.

10. Big data: Getting a better read on performance- The benefits match those of earlier technology cycles, but companies must scale up their data-analytics skills to reap the gains.


Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui