Recursos/White Papers

Tecnologia

Microsoft apresenta suas soluções para democratizar o acesso à Inteligência Artificial

Companhia tem aumentado seus esforços em bots, na assistente virtual Cortana e no desenvolvimento de aplicações para a tecnologia

Paul Krill, da InfoWorld/EUA

Publicada em 14 de dezembro de 2016 às 17h28

Seriam a inteligência artificial e a computação conversacional a próxima grande fronteira da tecnologia da informação? A Microsoft acredita que sim e isso começa a ficar claro a medida que a companhia aumenta seus esforços nesse área. Entre eles, uma série de tecnologias com foco em bots e na assistente virtual Cortana, apresentados durante evento em São Francisco

“Nosso objetivo é democratizar a inteligência artificial para que possamos torná-la disponível para qualquer pessoa”, incluindo desenvolvedores, consumidores e negócios, disse Harry Shum, vice-presidente executivo do grupo de  Inteligência Artificial e pesquisa da companhia.

Os lançamentos da empresa incluem o novo chatbot Zo.ai, alimentado por inteligência artificial, que segue moldes semelhantes do chatbot Tay, cancelada pela Microsoft após interações desastrosas com usuários do Twitter, quando aprendeu a ser racista e reacionária. O bot Zo.ai foi habilitado no mensageiro Kik (plataforma desconhecida no Brasil, mas que é extremamente popular entre os jovens de 13 e 19 anos nos EUA) e, segundo a Microsoft, já vem sendo usado por  115 mil pessoas. 

Zo foi construída utilizando o vasto conteúdo da internet. Ela aprende com interações humanas para responder de forma inteligente e emocional, fornecendo um ponto de vista único, acompanhado de gestos e expressões emocionais. Mas ela também possui balanceamentos e verificações sólidas para protegê-la de abusos.

Também de acordo com a companhia, mais de 67 mil desenvolvedores já estão usando o Microsoft Bot Framework, que conta com os kits de desenvolvimento open source Bot Builder. Atualizações estão chegando, incluindo novos conectores para o Microsoft Teams e a Cortana Bing Location, assim como o novo serviço QnA Maker, que pega as perguntas mais comuns que as empresas recebem e permitem que até não-desenvolvedores construam seus bots para respondê-las de forma simples.

chatbot

Novas ferramentas
Essas ferramentas, que visam tornar mais fácil o desenvolvimento de bots, também foram apresentadas durante o evento, incluindo o QnA Maker, do Bot Framework, o SDK Cortana Devices e o Cortana Skills Kit. 

O QnA Maker converte páginas de FAQ tradicionais em bots mais avançados e inteligentes. Todo o processo pode ser concluído através de uma interface Web muito simples e intuitiva.

Já o SDK Cortana Devices é a resposta da Microsoft aos dispositivos Dot e Echo, da Amazon, alimentados por Alexa, assim como o Google Home, do Google. Ele permitirá que OEMs e ODMs criem uma nova geração de dispositivos inteligentes e pessoais - em nenhuma tela ou na tela grande. Já em 2017, chega ao mercado uma nova linha de alto-falantes para carros conectados da Harmon Kardon, segundo os executivos da Microsoft. E mais parcerias nesse sentido estão caminho. 

O Cortana Skills Kit, por sua vez, é projetado para ajudar os desenvolvedores a atingir a crescente audiência de 145 milhões de usuários Cortana, para interações com apps rodando no Windows, Android, iOS, Xbox e novos dispositivos Cortana. 

Skype
Uma das formas nas quais consumidores estão buscando tirar vantagem da oportunidade que esses bots dão é com experiências como Skype e Microsoft Teams. Com a disponibilidade geral da API de ligações do Skype, ele agora fornece bots falantes assim como as ferramentas para que os parceiros criem cartões de rich media, que permitem que os usuários adicionem vídeos, GIFs animados e áudio para esses bots.

Durante o evento, a empresa anunciou ainda a disponibilidade imediata da API Calling do Skype, que oferece um mecanismo para lidar com chamadas de voz a partir de bots. A companhia também está oferecendo ferramentas para construir rich media cards para que os bots do Skype consigam acrescentar vídeo, GIFs animados e clipes de áudio nos cards, a partir do Framework Bot.

Em outubro, a Microsoft se tornou a primeira empresa do setor a chegar à paridade com humanos em reconhecimento de voz. Também há um trabalho inovador com o Skype Translator – agora disponível em nove línguas – como um exemplo de aceleração do processo de transformação da pesquisa em produtos. Com o Skype Translator, a Microsoft permite que as pessoas se compreendam enquanto conversam, em qualquer lugar do mundo. Mas, e quanto ao sonho da tradução em tempo real, cara a cara? Usando os novos recursos de inteligência em linguagem e reconhecimento de voz da empresa, o Microsoft Translator pode traduzir simultaneamente em grupos que falam diversas línguas, pessoalmente, em tempo real, conectando pessoas e superando barreiras.

O preview do Microsoft Translator Live permite conversas em múltiplos idiomas, em tempo real, nos apps Microsoft Translator. Tais apps são dedicados a traduzir texto, discurso, documentos e páginas web em 60 diferentes idiomas. 

“Iremos testar os limites e aprenderemos”, afirma Shum. “Compartilharemos nossos aprendizados com o mercado, com você – dessa forma podemos democratizar a IA e, com sorte, acelerar seus benefícios para nossa sociedade.”

 


Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui