Recursos/White Papers

Tecnologia

Como escolher a ferramenta analítica certa para as demandas de empresa

Veja o que é fundamental saber antes de iniciar um projeto

CIO.com

Publicada em 14 de março de 2016 às 19h45

A escolha da ferramenta analítica certa ajudará os líderes corporativos na tomada de decisões críticas que direcionarão o futuro dos negócios. 

Por isso, listamos dez perguntas que você deveria fazer aos fornecedores  de soluções de Analytics antes de, efetivamente, iniciar a adoção.

1. A tecnologia é capaz de responder minhas perguntas?
Pode parecer bastante básico, mas a capacidade de perguntar e responder questões simples, não somente um conjunto de dúvidas pré-configurados, é algo fundamental. “É importante viver em um mundo tecnológico onde suas questões não sejam pré-definidas”, comenta Ellie Fields, vice-presidente de marketing de produtos da Tableau. 

2. Qual é a experiência de sua empresa/tecnologia no setor econômico em que atuo?
É preciso dominar conhecimentos que vão além das ferramentas. O fornecedor tem algum tipo de modelo de análise de dados que se endereça a vertical de mercado onde sua organização atua (por exemplo: bens de consumo, finanças, telecom...)?

“Para desenvolver análises ou visualizações específicas para indústrias você precisará calibrar a tecnologia a questões de negócio”, observa Mark Shilling, sócio da Deloitte Consulting, ressaltando que buscar um fornecedor com domínio de seus desafios ajuda a otimizar o uso da ferramenta.

3. As pessoas gostam de usar seu sistema?
A solução de tecnologia precisa responder suas dúvidas e deve, também, fornecer experiências agradáveis de uso. Como todo fabricante de software deve (ou, pelo menos, deveria) saber, conquistar os usuários é uma parte importante nesse jogo.

4. Qual é a capacidade dessa ferramenta?
Quantos usuários simultâneos ela suporta? E qual é a sua potência de processamento e tempo de resposta? “É importante casar desempenho com escala”, observa o executivo da Deloitte, sinalizando que é fundamental que a tecnologia possa acomodar o tamanho e o ritmo de crescimento da organização.

5. Ela trabalha com todos tipos de dados?
Empresas possuem dados espalhados em diversos ambientes e formatos: Cloud, Data Warehouses, planilhas de Excel, logs de web, redes sociais, vídeos e muito mais. Essa tecnologia analítica trabalha com todo tipo de registro que tenho? Comporta dados estruturados, não estruturados e/ou semi estruturados?

6. Você possui ferramentas capazes de atender a necessidades analíticas de diferentes funções de negócio?
Essa indagação questiona se a tecnologias capazes de prover uma visão 360 graus do cliente, planejamento da cadeia de suprimento, etc? Shilling diz que a resposta a essa pergunta mostra como a tecnologia é usada em diferentes domínios de conhecimento.

7. Seu modelo de precificação é baseado em retorno sobre lucros?
Acessar dados é apenas o primeiro passo na jornada analítica. O sucesso nos projetos vincula-se aos retornos que essas ferramentas podem trazer às organizações.

“Você já entrou em um acordo baseado em lucratividade (Value-Based Billing ou VBB) alguma vez?”, indaga o executivo da Deloitte. Ele lembra que a maior parte dos vendors de software está abrindo seus modelos de negócio para criar um formato que cobra o usuário pelos retornos financeiros que ele obtém a partir do uso da tecnologia.

8. Quais recursos os seus clientes estão usando da ferramenta? Como fazem isso? Poderia me fornecer algumas referências de uso?
Confie, mas verifique. Nenhuma empresa compra um produto para ser pioneira no uso. “A tecnologia precisa ser comprovada e é para isso que é importante validar como ela vem sendo usada”, adiciona.

9. Quais recursos de segurança estão embutidos no software? Pode garantir a proteção de informações pessoais?
Governança e proteção de dados são quesitos fundamentais, especialmente em setores econômicos regulamentados, onde há pressão de leis. Certifique-se que isso está bem claro entre ambas as partes. 

10. Qual é o roadmap de evolução da ferramenta? Como sua empresa suporta os clientes em novas versões e migrações? Existe algum programa de treinamento aos usuários?
Suas ferramentas analíticas, espera-se, serão usadas pela sua empresa por um longo tempo. Além disso, não serão estáticas. Os especialistas recomendam compreender a forma como o fabricante pensa no ciclo de vida de seu produto e qual sua postura para gerenciar isso.



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui