Recursos/White Papers

Opinião

Roadmap básico para a Transformação Digital

Se sua empresa ainda não está planejando repensar seus modelos de negócio e digitalizar seus processos essa é a hora ideal para começar

Vinícius Pereira *

Publicada em 08 de agosto de 2018 às 07h45

O conceito de Transformação Digital é digitalizar processos analógicos usando a tecnologia para aumentar o desempenho e produtividade da sua empresa. Porém, o maior benefício em digitalizar sua empresa está na mudança de cultura promovida pela transformação. Empresas digitais têm em seu DNA um esforço incessante por decisões e resultados baseados em dados, buscando sempre tomar decisões mais eficazes e com maior rapidez.

Se sua empresa ainda não está planejando digitalizar seus processos essa é a hora ideal para começar esse movimento. Até a virada da década as pequenas e médias empresas na América Latina irão consumir cerca de US$ 15 bilhões em soluções para a digitalização dos negócios, segundo estimativas da Cisco.

E essa mudança atinge todas as áreas da empresa, do marketing ao produto, passando pelo setor de vendas até a infraestrutura.

Como iniciar a Transformação Digital na sua empresa
O processo de Transformação Digital envolve três etapas.

- Digitização
O primeiro passo é realizar a transição dos dados físicos para o digital. Em outras palavras é transformar documentos, notas fiscais, fotos e outros dados físicos em versões digitais. 

- Digitalização
Concluído o processo de digitização é hora de estabelecer processos digitais. Agora que todos os dados da sua empresa foram transformados em digitais sua empresa precisa realizar processos de forma digital, esse processo é chamado de digitalização. 

- Transformação propriamente dita
A última etapa é a transformação propriamente dita, ou seja, o resultado das duas primeiras etapas, isso porque, quando sua empresa migra as informações e estabelece processos digitais a transformação digital está acontecendo.

Passos para iniciar a Transformação Digital
Migrar sua empresa do offline para o online é muito mais do que estabelecer processos digitais e usar ferramentas online. Envolve todos os times da empresa e estabelece uma série de novos conceitos e atitudes, como:

- Repensar seu negócio
Repensar seu negócio é um dos pontos fundamentais e iniciais para estartar a transformação digital na sua empresa. Transformação Digital é um processo muito mais profundo do que inserção de tecnologia nos processos da empresa, é uma mudança cultural que atinge todas as etapas do negócio e que envolve a mudança de pensamento de todos que fazem a empresa girar, sem isso não haverá transformação. 

- Envolver todos
Transformação Digital não é responsabilidade apenas do time de TI da sua empresa. Como já falamos antes, é uma mudança que precisa do envolvimento de todas as pessoas da empresa, pois só assim os resultados serão duradouros e permanentes.

- Capacitar os times
Não adianta investir em uma nova ferramenta que promete triplicar os resultados da sua equipe e não ter profissionais capacitados para utilizá-la. Esse tipo de situação é um dos vilões da implantação de novas tecnologias e ferramentas nas empresas. Para isso, sua empresa precisa investir na capacitação da sua equipe, seja com treinamentos, qualificações ou certificações. 

- Digitalizar a inteligência do negócio
Faça da tecnologia um aliado do seu negócio e aproveite todos os benefícios que ela oferece. Use tecnologias com BI e Big Data para tomar decisões apoiado em dados e deixe o feeling e achismos, que antes baseavam as decisões, de lado e diminua as chances de tomar decisões erradas.

- Explorar novas possibilidades
A transformação digital abre um leque de novas opções para as empresas. Não existem mais limites, físicos e de mercado, para sua empresa. Por exemplo, o custo com servidores era um impedimento para sua empresa lançar um e-commerce? Com servidores na nuvem esse custo foi reduzido drasticamente e você pode contar com servidores com alta performance.

Pilares da transformação digital
A transformação digital apoia-se em três pilares fundamentais que norteiam suas ações. 

São eles:

1 - Foco no cliente
O poder e foco nessa era é todo do cliente. É ele quem tem o poder de decisão e é quem decide quando, onde e de de qual empresa vai comprar um produto. Por isso, um dos pilares da transformação digital engloba uma série de aspectos, como:

– Análise de público: através de ferramentas de análise é possível coletar dados para segmentar o público com base em seu comportamento e necessidades;

– Marketing de precisão: com foco em fidelizar quem já é seu cliente, você pode criar ofertas que estão alinhadas com as expectativas e desejos do cliente;

– Processo de vendas simplificado: cada vez mais os clientes querem menos complicação para realizar suas compras. Seu foco deve ser remover as barreiras para facilitar esse caminho;

– Atendimento ao cliente: atendimento rápido e de qualidade que resolva as necessidades do cliente no menor tempo possível.

2 - Processos operacionais
A otimização de processos operacionais é outro foco da transformação digital. Por isso, sua empresa deve investir em:

– Comunicação interna: quanto mais rápida e clara for a entre os membros do seu time, melhor e mais rápidos serão os processos da empresa;

– Sintonia entre setores: melhorar a integração e colaboração entre os diferentes times da sua empresa para evitar atritos e ruídos na comunicação na empresa;

– Transparência: saber o que acontece e compreender o porquê torna as coisas mais fáceis de serem seguidas.

3 - Modelos de negócio
O modelo de negócios de muitas empresas que passam pela transformação digital sofre mudanças. Isso porque, muitas barreiras são quebradas e novos mercados e horizontes são abertos, como: 

– Ampliação do mix de produtos e serviços: com a inclusão de recursos digitais no dia a dia da empresa é possível expandir a utilidade de um produto ou serviço ou incluir novos produtos na carteira empresa;

– Transição do físico para o digital: é muito comum que lojas físicas se tornem e-commerces que atendem uma faixa maior de clientes;

– Digital desde o nascimento: empresas que já nascem com produtos digitais desde a sua concepção, como: empresas SaaS, PaaS, apps e fintechs.

digitalizacao

Transformação Digital na TI
O setor de TI da sua empresa é peça fundamental nesta iniciativa e deve estar preparado para suportar as novas demandas do negócio, com processos mais ágeis, automatizados e com alta performance. 

Segundo o Indicador de Transformação da TI, as empresas brasileiras têm uma nota média de 43,7 (em uma escala de 0 a 100) em relação à maturidade da infraestrutura de TI para suportar a digitalização dos negócios.  

Esse indicador demonstra a necessidade em investir em soluções que preparem as empresas para suportar as demandas da Transformação Digital. Para colaborar com os dados, empresas que já avançam na digitalização afirmam ter cerca de 2,5 vezes mais confiança de que serão bem-sucedidas em seus mercados nos próximos cinco anos.

Cloud Computing na Transformação Digital
A Transformação Digital tem dado cada vez mais destaque para tecnologias como Cloud Computing. A possibilidade de digitalizar dados e aplicações e levá-las a nuvem oferece diversos benefícios para as empresas, como maior velocidade e exatidão na tomada de decisões e redução de custos com equipamentos e infraestrutura. Aliado a isso soma-se uma forte política de segurança praticada pelos hosts que gerenciam servidores na nuvem.

O receio de migrar dados para a nuvem e sofrer com ataques e roubo de dados pode impedir algumas empresas de aproveitar todos os benefícios que a nuvem oferece. Preocupação que fica evidenciada na pesquisa Red Hat Global Customer Tech Outlook 2018, em que 47% da empresas entrevistadas relatou que o desafio mais importante que enfrentam no gerenciamento é garantir a segurança das suas estruturas.

A segurança dos dados na nuvem depende das medidas de prevenção que são tomadas para garantir mais segurança aos dados. Para isso, as empresas de host investem muito em iniciativas para impedir ataques aos servidores nuvem, como maior rigor no controle de  acessos ao servidor, rígidas políticas de senhas, poderosos filtros antispam e firewall e criptografia de dados de ponta. 


(*) Vinícius Pereira é Content Manager na RedeHost



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui