Recursos/White Papers

Notícias

BNDES e parceiros aplicarão até R$15 milhões em pilotos de IoT para Indústria 4.0

Cada proposta selecionada receberá pelo menos R$ 1 milhão em recursos não-reembolsáveis

Da Redação

Publicada em 08 de novembro de 2018 às 18h34

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o  Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii, lançaram nesta quinta-feira, 8/11, em São Paulo, a chamada para seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT) com foco na indústria 4.0. O anúncio foi feito na sede da CNI na capital paulista. Os recursos aplicados pelas entidades podem chegar a R$ 15 milhões e devem ser investidos na montagem e operação de testbeds para soluções tecnológicas de IoT para a indústria. Os planos de inovação serão criados em parceria com os Institutos SENAI de Inovação, responsáveis por apresentar toda a documentação necessária para concorrer ao financiamento.

Cada proposta selecionada receberá pelo menos R$ 1 milhão  em recursos não-reembolsáveis. Os responsáveis por cada projeto deverão aplicar, no mínimo, 50% do apoio recebido. Essa contrapartida poderá ser composta recursos próprios, outros instrumentos de crédito do BNDES ou parceria com os Institutos SENAI de Inovação.

A submissão do plano deve ser feita através do site Portal da Indústria, entre 9 de novembro de 2018 a 30 de janeiro de 2019. Os documentos serão avaliados por um grupo técnico, formado por um indicado do BNDES, outro da Embrapii, mais um terceiro avaliador independente. O período de seleção dos planos será de 1 de fevereiro a 1 de março de 2019.

Serão aceitos projetos de plataformas experimentais modulares, economicamente viáveis, que reproduzam em escala cenários reais, criados a partir de requisitos operacionais definidos por um conjunto de setores industriais, onde possam ter testadas soluções tecnológicas focadas em 4 áreas:

- manutenção preditiva de processos industriais;

- monitoramento de processos, ativos e atividades;

- otimização e flexibilização do processo produtivo para redução de estoques; e

- projetos de novos produtos que incorporem recursos de IoT.

Em junho, o BNDES já havia lançando chamadas semelhantes para projetos-piloto de Internet das Coisas para a agroindústria, as cidades inteligentes e o setor de Saúde. Com valor inicial de R$ 15 milhões, o processo seletivo recebeu 54 propostas. Volume que, na opinião da equipe do banco, evidencia a importância da IoT para a sociedade e para a economia. O sucesso dessas chamadas iniciais resultou na ampliação do orçamento para R$ 30 milhões. No momento o BNDES está avaliando as propostas recebidas.

Essas iniciativas integram as recomendações do estudo “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, realizado em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Mais informações sobre a seleção podem ser obtidas no site www.editaldeinovacao.com.br

IoTindustria40cio



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui