Recursos/White Papers

Notícias

Despesas globais de TI atingirão US$ 3,7 trilhões em 2018, segundo Gartner

Consultoria prevê também crescimento expressivo de investimentos em Software como Serviços

Da Redação

Publicada em 07 de fevereiro de 2018 às 20h42

As despesas mundiais de TI deverão totalizar US$ 3,7 trilhões em 2018, equivalente a um aumento de 4,5% em relação a 2017, de acordo com previsões do Gartner.

"Apesar da incerteza, as empresas continuarão a investir em TI à medida que antecipam o crescimento da receita, mas seus padrões de gastos mudarão. Projetos em Negócios Digitais, Blockchain, Internet das Coisas (IoT) e o avanço do Big Data para algoritmos, para Aprendizado de Máquina (Machine Learning) e para Inteligência Artificial (IA) continuarão a ser os principais drives de crescimento", diz John-David Lovelock, Vice-Presidente de Pesquisas da consultoria.

O software corporativo continua apresentando um forte crescimento com as despesas mundiais projetadas para um crescimento de 9,5% em 2018, chegando a 8,4% em 2019, com um total de US$ 421 bilhões. Espera-se que as organizações aumentem os gastos com sistemas de gestão corporativa em 2018, com uma parte do orçamento mudando para o modelo Software como Serviço (SaaS).

Segundo o Gartner, a crescente disponibilidade de soluções baseadas em SaaS vai incentivar novas adoções e despesas em muitas subcategorias, tais como sistemas para gerenciamento financeiro, gerenciamento de capital humano e aplicações analíticas (Analytic Applications).

Gartner

Nas remessas de servidores, a Dell EMC manteve a posição número 1 no terceiro trimestre de 2017 com 17,8% de participação de mercado. A HPE assegurou o segundo lugar com 16,4% do mercado. A Inspur Electronics foi o único fornecedor nos cinco primeiros a experimentar crescimento positivo no trimestre.

Gartner2



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui