Recursos/White Papers

Notícias

Software continua a liderar o investimento em TI

Gastos em TI devem crescer 2,4% em 2017, projeta o Gartner. E o grande motor do crescimento será a Transformação Digital das organizações

Da Redação, com IDG News Service

Publicada em 17 de julho de 2017 às 09h41

As empresas estão atualizando suas plataformas de software para usarem cloud computing e combinar novos sistemas para suportar projetos de negócios digitais. O resultado é o acréscimo de investimento em TI em todo o mundo.

O Gartner prevê que os gastos aumentem perto de 2,4% em 2017, atingindo 3,5 biliões de dólares, face ao crescimento anêmico de 0,3% no ano passado. O grande motor do crescimento é de fato de que os investimentos em software empresarial deverá aumentar 7,6% este ano, atingindo 351 mil milhões de dólares, de acordo com a consultoria.

“Estamos chegando aos sistemas de ERP ‘pós-modernos’, com substituição e envolvimento de sistemas existentes para a nuvem. Além disso, o investimento em CRM está crescendo imensamente porque é fácil de oferecer na nuvem”, assinala John David Lovelock, vice-presidente de pesquisa da Gartner. A despesa com CRM em alguns países deverá aumentar 35% em 2017, prevê Lovelock. No geral, espera-se que as empresas gastem 30 mil milhões em sistemas de ERP, em média, e 39 mil milhões nos de CRM.

As previsões do Gartner para 2017 variaram nos últimos trimestres, mas a maioria dos ajustes às suas previsões deveu-se a flutuações no valor do dólar. (Em termos de valor constante de moeda, a consultoria prevê um crescimento de gastos de TI na ordem dos 3,3%).

Mas as flutuações não estão alterando as tendências fundamentais nos gastos de TI: à medida que os usuários se apegam aos seus smartphones por dois, três ou até quatro anos, em vez de atualizá-los todos os anos, o grande motor de crescimento dos investimentos em TI será a Transformação Digital das organizações.

gartner

As tendências do negócio “transformado” inclui a utilização de infraestrutura de IoT nas estruturas de fabricação e de blockchain em serviços financeiros e outras indústrias, assim como “máquinas inteligentes” no vaerjo, diz Lovelock.

Mas a tecnologia para impulsionar a Transformação Digital ainda não foi “comoditizada”, observa Lovelock. “Já se conseguem obter fragmentos, mas muito ainda está por ser ‘escrito’”, considera.

Negócio dos serviços cresce 3,1%
As empresas estão despendendo mais dinheiro em sistemas modernos de inteligência para negócio capazes de complementar a aprendizagem automática e, consequentemente, a receita de fornecedores desses sistemas na ordem dos 35% em 2017, diz Lovelock.

alta

Para construir novos sistemas baseados em aprendizagem automática, IoT e máquinas inteligentes, as empresas também recorrem à ajuda de grandes fornecedores de serviços, alimentando o crescimento dos serviços de TI 3,1% durante o corrente ano, prevê a Gartner.

Espera-se que os gastos com o sistema de data centers cresçam 0,3 % à medida que as implantações de equipamento de armazenamento diminuem. São apenas parcialmente equilibradas pelos gastos em tecnologia de servidores para a cloud computing.



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui