Recursos/White Papers

Carreira

Criar negócio exponencial é desafio de Cristiano Hyppolito como CTO da Dafiti

Executivo acredita em tecnologia como meio e facilitadora de negócios

Déborah Oliveira

Publicada em 29 de agosto de 2018 às 18h20

Há dois meses, Cristiano Hyppolito assumiu como CTO da Dafiti para a América Latina, e-commerce de moda e lifestyle. Um desafio novo em uma área totalmente diferente das suas atuações anteriores, que inclui passagens por empresas como Dotz e Cinemark. “Sair de uma companhia digital e dar início a um modelo de negócio exponencial foi o que me atraiu”, revelou em conversa à CIO.

Os primeiros dias começaram intensos para Hyppolito que nos próximos 24 meses tem o objetivo de transformar completamente a Dafiti. Essa jornada, no entanto, não começou agora. O executivo se preparou nos últimos dois anos para essa nova fase, mesmo antes de aceitar esse desafio. Sua motivação foi a mudança no perfil do CIO. “Minha intenção era me voltar aos negócios e não só para tecnologia. TI é base para fazer negócios, mas não pode ser um limitador”, contou.

Para isso, ele embarcou para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, para uma imersão no berço da inovação e do empreendedorismo. “Lá, pude ver na prática como usar o ecossistema em favor da empresa e criar ambientes de negócios, de fato, exponenciais”, afirmou. 

A visão está em linha com a estratégia da empresa, que vai fortalecer, em breve, seus planos de crescimento e internacionalização. Com operação no Brasil, Argentina, Chile e Colômbia, a empresa quer transpor mais fronteiras e conquistar outros países.

“Meu objetivo é não deixar a TI ser um gargalo. Acredito muito no modelo de gestão descentralizado. Quanto menos a Dafiti depender do Cristiano e da TI, melhor”, disse. Para colocar sua crença em prática, Hyppolito quer fomentar a autonomia e o empoderamento dos times e contaminar positivamente as áreas de negócios com a ideia. “Estou criando um ecossistema favorável para esse tipo de trabalho.”

Com essa proposta, Hyppolito conta que o objetivo é quebrar de vez a visão de que a TI é vilã dos negócios, ou aquela que sempre diz ‘não’. “Se o presidente da empresa for para algum país e achar uma startup interessante para entregar uma solução, ele poderá colocar uma startup para funcionar na empresa, sem precisar de TI”, exemplificou. 

Novo modelo mental
Hyppolito entende que esse modelo de trabalho demanda também uma nova forma de pensar do time de TI e da empresa. “Não é a tecnologia que vai revolucionar os negócios. É o modelo mental. O CIO tradicional tem data para morrer. Ou ele muda ou morre. Há dois anos, percebi isso e transformei meu modelo mental. Agora, estou levando para o time”, assinalou.

Segundo ele, não adianta usar inteligência artificial (AI, na sigla em inglês), cloud pública, microsserviços se os profissionais continuarem pensando no modelo tradicional. “Ou vira a chave ou vai entregar mais do mesmo”, refletiu.

Cristiano Hyppolito

De olho no consumidor
A mudança na estratégia da empresa, baseada em tecnologia, tem motivo: os consumidores estão mais exigentes e menos fiéis, ao mesmo tempo em que o digital ganha corpo. “Temos o desafio de qualquer e-commerce fashion na internet que é o de a pessoa se identificar com aquela roupa, mesmo que não possa vê-la pessoalmente. Nosso trabalho mira em transformar a experiência on-line e trabalhar a personalização.”

Para uma loja on-line que conta com mais de 7 mil marcas, incluindo as próprias FiveBlu e Dafiti Shoes, e cerca de 400 mil produtos distribuídos em toda a sua operação, a ideia pode até parecer utópica, mas está mais perto de ser realidade do que se imagina. 

As últimas novidades da empresa são prova. Em abril deste ano, a Dafiti apresentou duas grandes novidades em inovação: o e-commerce lançou o projeto Retira Fácil. Nesse primeiro momento, o consumidor pode selecionar se quer receber os produtos em casa ou retirá-los em um dos mais de dez pontos fixos espalhados na cidade de São Paulo.  

O segundo lançamento diz respeito a um novo meio de pagamento: a Dafiti é o primeiro e-commerce de moda latino-americano a disponibilizar a possibilidade de compra via Apple Pay, ajudando a melhorar ainda mais a experiência de compra dos seus clientes por dispositivos móveis ao unir facilidade, segurança, privacidade e conveniência.



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui