Recursos/White Papers

Carreira

Aproveite a folga para fortalecer sua marca executiva no LinkedIn

A rede é uma poderosa ferramenta para fortalecer o networking e o marketing pessoal

Da Redação, com IDG News Service

Publicada em 10 de fevereiro de 2018 às 11h34

O uso das redes sociais aumentou as conexões profissionais pela internet, ampliando novos horizontes e opções de trabalho que permitam desenvolver o conhecimento e as competências de cada um.

Felizmente, melhorar seu perfil e presença do LinkedIn não é algo que leve muito tempo ou esforço. E essa folga do Carnaval pode ser o momento ideal para arregaçar as mangas e agir.

Basta seguir estas quatro etapas para expandir seu alcance e solidificar sua marca executiva na rede.

1- Simplifique sua imagem online
Seu perfil do LinkedIn não significará muito se o resto da sua presença online não estiver alinhada com ele. Isso inclui perfis em sites e blogs corporativos. Aqui, é essencial descobrir o que você deseja colocar lá e o que você deseja manter privado, diz Tamara Gartner, autora, palestrante e fundadora da Becoming Bodacious , que oferece programas individuais e coletivos de coaching.

 "Pergunte-se o que os outros precisam ver ou saber sobre você", diz ela. Se você quer ser visto como um "líder com  credibilidade" ou um "candidato a emprego com uma forte proposta de valor", identificar sua marca ajudará a determinar sua abordagem.

2 - Reveja sua descrição profissional
Desde de 2017, o seu perfil do LinkedIn mostra apenas as duas primeiras linhas do resumo de seu histórico profissional - os usuários precisam clicar em "ler mais" para expandi-lo, diz Kelly Donovan, diretora da Kelly Donovan & Associates. Você precisa capturar quem procura informações sobre você nessas duas linhas.

Evite clichês em seu resumo, como "orientado para resultados". Foque em destacar sua marca - o valor exclusivo que você oferece. Evite ser muito formal. O LinkedIn não é o mesmo que o seu currículo, para que você possa injetar mais personalidade no conteúdo.

"Você é uma pessoa real, então deixe que os outros saibam quem você é ", diz Robin Samora , especialista em marketing e especialista em relações públicas.

Samora sugere compartilhar coisas que são importantes para você, ou que demonstram seus valores.  Uma vez que você alcança o nível executivo, as pessoas terão mais curiosidade sobre quem você é como pessoa.

3 - Não se conforme com o padrão do LinkedIn
Você pode incluir uma foto no título, além da sua foto de perfil. E este é um passo que Donovan diz que você não deve ver como opcional - é uma oportunidade para a marca.

"Você pode substituí-lo por algo que represente efetivamente  a sua marca", diz ela.

Você terá que levar algum tempo para encontrar uma foto - seja uma imagem de estoque ou uma imagem pessoal. Aapenas certifique-se de que não é genérico. Ao escolher uma imagem que diz mais sobre quem você é, "irá torná-lo instantaneamente mais memorável", diz Donovan.

Enquanto você estiver nisso, considere editar o título padrão para o seu perfil, que é definido automaticamente para seu título atual e nome da empresa, diz Donovan.

"Em vez de vice-presidente de TI na empresa Acme," Donovan sugere tentar algo como "executivo de tecnologia da informação dirigindo inovação e eficiência", seguido de seu título de trabalho e nome da empresa. É curto e doce, mas revela um pouco mais sobre quem você é profissional.

Linkedin

4 - Participe mais
Estar engajado com as oportunidades de networking disponíveis no LinkedIn ajudará a elevar sua marca executiva. Junte-se aos grupos da indústria e siga os líderes do pensamento e os influenciadores, e tenha certeza de ter tempo para comentar as discussões e responder às atualizações dos outros.

"Pertencer a grupos aumentará sua visibilidade no site e ajudará a transmitir a imagem de um usuário experiente do LinkedIn que está usando a plataforma para acompanhar as tendências da indústria ", Diz Donovan.

Se você está feliz em seu papel atual, você pode manter o login no LinkedIn algumas vezes por semana para compartilhar artigos e se manter atualizado com as notícias da indústria. 

Você não precisa gastar muito tempo no LinkedIn para criar compromissos. Samora sugere ficar "conectado de forma consciente" para que você possa ficar visível. 

Em resumo:

Construa: Com foco na audiência com a qual deseja interagir, consulte perfis de amigos e parceiros de negócios para conhecer o padrão de apresentações dos dados nas redes. Públicos diferentes exigem relacionamentos diversos: em uma rede profissional, por exemplo, ninguém gostará de ter expostos comentários de amigos sobre festas ou mesmo compromissos particulares.

Mantenha: Esteja certo de que seu perfil estará sempre atualizado e com as informações que forem necessárias. Mesmo que você já tenha passado por diversas organizações, não há necessidade de listar o histórico de forma individual. Seja claro e objetivo.

Materialize: No caso de relacionamento profissional, muitas vezes os contatos iniciados na web resultarão em encontros pessoais e, portanto, é importante saber escolher lugares apropriados para essas ocasiões específicas. Antes de mais nada, avalie a pessoa ou o grupo com o qual se encontrará. Se for conversar com um presidente de empresa, por exemplo, escolha um restaurante mais tradicional; ao passo que se for uma reunião informal com executivos do mesmo nível hierárquico, o evento pode acontecer em local mais movimentado e jovial.



Reportagens mais lidas

Acesse a comunidade da CIO

LinkedIn
A partir da comunidade no LinkedIn, a CIO promove a troca de informações entre os líderes de TI. Acesse aqui